by /0 comments

Acordo marca data para o futuro do Plano Nacional de Educação

No próximo dia 19 de setembro, os deputados votarão se a matéria irá diretamente para o Senado ou voltará a ser apreciada pelo plenário
O futuro do Plano Nacional de Educação (PNE) será decidido no próximo dia 19 de setembro. Um acordo fechado nesta terça-feira, dia 21, definiu que os deputados votarão se a matéria irá diretamente para o Senado ou voltará a ser apreciada pelo plenário. Neste caso, poderão ser apresentadas novas emendas e o prazo para a votação final deverá se estender para 2013.

O PNE foi aprovado por uma comissão especial em caráter terminativo, no último dia 26 de junho Mas o governo, que é contra o investimento de 10% do PIB em educação até 2020, entrou com um recurso para levar o tema para o plenário. Esse recurso será votado pelo plenário no dia 19 de setembro.

“Neste dia, o plenário vai dizer se quer que o projeto seja votado pelo plenário ou se seguirá para o Senado. Não há acordo de mérito”, disse o líder do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE). Segundo a Agência Câmara, ele defendeu que a proposta seja encaminhada ao Senado com os 10% do PIB para o setor.

O líder do PT, deputado Jilmar Tatto (SP), defendeu a destinação de recursos dos royalties do petróleo para a educação, para assegurar o percentual de 10%. “Deveríamos vincular esse tema aos dos royalties e votar junto”, afirmou Tatto.elena zaytsevaооо полигонигрушки майнкрафт