by /0 comments

Aluno de curso “saturado” não terá crédito

Terão prioridade na concessão de crédito os alunos de Engenharia, Geologia e licenciaturas (formação de professores) em Física, Química, Biologia e Matemática

O Ministério da Educação vai reduzir a concessão de crédito educativo a cursos que considera saturados, como Direito, Administração, Jornalismo e Ciências Contábeis, entre outros. Nessas áreas, informa o jornal A Gazeta, do Espírito Santo, só os alunos de faculdades com conceitos 4 e 5 no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) poderão pleitear empréstimo de 100% do valor das mensalidades.

Segundo o jornal, a medida excluirá do Financiamento Estudantil (Fies) 220 cursos de Direito que tiraram nota 3 no Enade.

O MEC já informou que terão prioridade na concessão de crédito os alunos de Engenharia, Geologia e licenciaturas (formação de professores) em Física, Química, Biologia e Matemática. Só ficarão de fora as faculdades reprovadas com conceitos 1 ou 2.

“Vamos ter áreas prioritárias e induzidas, como as engenharias e outras não. A idéia é induzir onde queremos crescer”, disse o secretário de Educação Superior, Ronaldo Mota.

O MEC estuda restringir os empréstimos de 100% às carreiras prioritárias e aos cursos com melhor desempenho no Enade.

Outra inovação é o fiador solidário, em que os estudantes serão responsáveis pelo pagamento de dívidas de colegas caso haja inadimplência após a formatura. Assim acabará a exigência do fiador externo, um dos maiores empecilhos ao ingresso no programa.

O governo estuda também a possibilidade de reduzir os juros.

михаил безлепкин полицияноутбуки с windows 10светодиодные лампы настольные