by /0 comments

Alunos beneficiados do Bolsa Família tem aprovação maior e evasão menor

Dos 500 mil alunos do ensino médio que recebem o benefício, 81,1% passam de ano, contra 72,6% dos que não ganham os recursos federais, aponta o jornal Valor Econômico

Estudantes beneficiados pelo programa Bolsa Família têm índices de aprovação maior e abandono escolar menor que os estudantes regulares da rede pública, revela dados do Ministério da Educação cedidos ao jornal Valor Econômico.

Dos 500 mil alunos do ensino médio que recebem o Bolsa Família, 81,1% passam de ano, enquanto a taxa de aprovação dos mais de 7 milhões de alunos que não recebem os recursos federais é de 72,6%. Já o índice de abandono da escola chega a 7,2% entre os beneficiários do programa e 14,3% entre os demais estudantes.

No ensino fundamental, que concentra mais de 30 milhões de crianças da 1ª à 8ª séries, a taxa de evasão dos mais de 9 milhões de alunos beneficiários do Bolsa Família é de 3,6%. Os outros alunos apresentam índice de 4,8% de abandono da escola.

Na aprovação, os alunos do ensino fundamental que não recebem o apoio em dinheiro têm melhor desempenho, com 82,3%, contra 80,5% dos estudantes sem os recursos federais.

O diretor de estudos e acompanhamento das vulnerabilidades educacionais do MEC, Daniel Ximenes, disse ao repórter Luciano Máximo que a “transferência de renda condicionada provoca alerta e cobrança por parte dos pais e reforça o desafio de fazer as crianças permanecerem na escola com maior regularidade”.

Ele acredita que os benefícios no longo prazo ajudam “a corrigir trajetória ruim no processo educacional brasileiro entre crianças e jovens da turma da pobreza”.

O diretor do MEC também divulgou para o jornal os resultado da frequência escolar do Bolsa Família, de fevereiro e março. O balanço mostra que 95% dos 14,117 milhões de crianças e jovens beneficiários cumprem a frequência exigida pelo programa. Outros 276,9 mil alunos estão abaixo da exigência e 322,9 mil não têm registro de frequência.

Em caso de descumprimento das normas, os beneficiários podem até ser excluídos do programa. Para receber o dinheiro, os alunos de até 15 anos precisam frequentar 85% das aulas a cada mês. Para os adolescentes de 16 e 17 anos, a frequência é de 75% das aulas.

Leia a íntegra da reportagem do Valor (só para assinantes do jornal)

снятие зубного налета методом air flowлазерная чистка зубовtiara bridal