by /0 comments

Alunos com chinelos são barrados em escola de Roraima

Secretaria de Educação não entregou o uniforme escolar até hoje. Alunos também denunciam o roubo de bicletas dentro da escola

Alunos da escola estadual presidente Castelo Branco, em Caracaraí, Roraima, que estavam usando sandálias porque a Secretaria de Educação não entregou o uniforme escolar, denunciaram que foram impedidos de frequentar as aulas.

A denúncia foi feita ao jornal Folha de Boa Vista pelo aluno do 3º ano da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Kláis Policarpo Lima. Ele disse que precisou ameaçar chamar a polícia, na última sexta-feira, 6, para que ele e outros alunos pudessem entrar na escola para fazer provas.

“Estávamos em semana de prova e nem levaram isso em consideração. Aqui barram desde crianças da manhã até alunos idosos da noite, porque estão sem o fardamento completo. Mas até este mês [novembro] ainda não recebemos o kit do fardamento e nem todo mundo tem dinheiro para comprar”, disse ele à repórter Andrezza Trajano.

Por fora

Ele contou que muitos alunos são obrigados a comprar uma blusa branca e pintar o símbolo da escola. A pintura é feita na própria escola e custa R$ 1,00. Outra opção é o uniforme vendido e feito por uma servidor da escola, por R$ 17,00.

“Não sou representante dos alunos, mas me considero. Já fiz várias reuniões na escola para explicar que não podem cobrar fardamento completo da gente, porque há muitos pais que têm filhos estudando nos três horários e não têm condições de comprar farda para todos”, disse Lima.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Educação informou ao jornal que a entrega do uniformes será apenas em 2010. O conjunto inclui tênis, calça, short, blusa e mochila.

Contas

A Folha de Boa vista relata ainda que a compra do kit escolar esta sendo analisada pelo Tribunal de Contas, que decidiu, em abril, suspender temporariamente os pagamentos à empresa Nilcatex Têxtil, responsável pela compra de 90 mil kits, no valor de R$ 16,9 milhões.

O jornal informa que mesmo com a determinação, o governo estadual pagou o valor e ainda assinou um novo contrato de R$ 6,9 milhões, para a compra de mais kits.

Bicicletas

Outra reclamação do aluno Kláis Policarpo Lima é que várias bicicletas estão sendo roubadas dentro da escola. “Chegamos para assistir aula, deixamos a bicicleta dentro do pátio, mas na hora de ir embora, ela não está mais lá. E a direção da escola ainda diz que não tem o que fazer”, disse.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Educação garantiu que a direção da escola está adotando medidas para enfrentar o problema.

Leia a íntegra da matéria da Folha de Boa Vista

ru topodinалександр лобановский женакупить боди для новорожденных