by /0 comments

20% dos estudantes abandonam o ensino superior privado

O número de estudantes que abandona o ensino superior privado atingiu 20% na região metropolitana de São Paulo, informa levantamento do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), publicado pelo jornal Folha de S. Paulo. Ao todo, 134 mil alunos desistiram do curso em 2007 (último dado disponível e anterior à crise econômica). Em 2006, a evasão era de 14,4%.

Segundo o sindicato, o aumento ocorreu por causa da ampliação das matrículas dos alunos das classes C e D. “Em geral, é um aluno que trabalha, sustenta ou ajuda a família. Também tem pouca base para acompanhar o curso, pois geralmente veio da escola pública. É mais fácil ele evadir”, disse o diretor-executivo do sindicato, Rodrigo Capelato, ao repórter Fábio Takahashi. Na opinião dele, as instituições só entenderam como trabalhar com um público de baixa renda recentemente, por meio de mensalidades baixas.

O pesquisador do Instituto Lobo, Oscar Hipólito, acredita que vários fatores influenciam a evasão. “Os estudos apontam que, em geral, o aluno que desiste não gosta do curso, da instituição ou teve problemas financeiros”, disse ele ao jornal.

O levantamento, feito com dados do Ministério da Educação, revela ainda que subiu 9,6% o número de matriculados na rede privada na Grande de São Paulo e que caiu a concentração de alunos nos cursos de administração e direito.

ооо полигонлобановский александр игоревич класслампа бра