by /0 comments

Aos 60 anos, faculdade encerra atividades em São Paulo

Os cerca de 400 alunos da Faculdade São Luís serão transferidos para a FEI e PUC, também mantidas pela Companhia de Jesus. A maioria dos 43 docentes será demitida, informa a Folha de S. Paulo

No ano em que completa 60 anos, a Faculdade São Luís, no centro de São Paulo, anunciou que está encerrando suas atividades. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o anúncio foi feito na noite de quinta-feira, dia 14, em reunião entre professores, alunos e diretoria.

A faculdade é mantida pela Companhia de Jesus, que tem ainda 14 colégios e cinco instituições de ensino superior. A diretoria informou que a decisão dos jesuítas tem o objetivo de concentrar esforços nas outras instituições.

Segundo a reportagem de Sofia Fernande, os estudantes de administração serão transferidos para o Centro Universitário da FEI e os de ciências econômicas e ciências sociais irão para a PUC-SP. As duas faculdades receberão cerca de 400 alunos, que continuarão a pagar a mesma mensalidade, R$ 720. A maioria dos 43 docentes será demitida.

O jornal relata que a maioria dos alunos presentes na reunião não aprovou a decisão. A ex-aluna Ana Lúcia Abreu, 29, disse que o fechamento “suja” o seu currículo. Fernando Forquilha, 22, estudante de economia, tem bolsa parcial e não sabe se a PUC irá manter o desconto. “Dependo dessa bolsa para estudar”, disse.

O professor de economia Cassiano Ricardo Martines Bovo disse que já havia boatos sobre o fechamento. “O que sei é que serei demitido”, afirmou.

A faculdade funcionará até maio, com um grupo pequeno de professores que atenderão aos alunos em fase de trabalho de conclusão de curso.

 

O vice-reitor da faculdade, professor Wagner Lopes Sanchez, não soube informar se os três andares atualmente ocupados pela faculdade serão usados para ampliar o colégio São Luís, que existe há 140 anos e funciona no mesmo prédio.

Leia a matéria da Folha de S. Paulo

александр лобановский супермаркет классtranslate pdfкупить справки в бассейн