Após denúncias, reitor da Universidade Federal de Rondônia pede demissão - CGC Comunicação em Educação
  by /0 comments

Após denúncias, reitor da Universidade Federal de Rondônia pede demissão

“Januário Amaral tomou a decisão em razão da série de denúncias de malversação e desvio de recursos”, diz nota do MEC.

Depois de uma série de denúncias de irregularidades e diante de uma crise que já dura mais de 60 dias, o reitor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) José Januário de Oliveira Amaral renunciou nesta quarta-feira. Entre as denúncias feitas por estudantes e professores em um dossiê enviado ao Ministério da Educação estão fraude em concurso e mau uso de verba pública.

O site G1 informa que o MEC, em nota, diz que “Januário Amaral tomou a decisão de renunciar ao constatar a falta de condições para conduzir a universidade, em razão da série de denúncias de malversação e desvio de recursos que envolvem a Fundação Rio Madeira (Riomar), que serve de apoio à Unir”.

A nota lembra que no dia 24 de outubro foi constituída uma comissão com representantes do MEC e da Controladoria-Geral da União (CGU) para “auditar as contas, tanto da Riomar quanto da Unir”. O prazo para a comissão entregar o relatório terminaria nesta quinta-feira, mas a comissão pediu mais dez dias para a conclusão.

Caso a comissão encontre indícios de improbidade administrativa, os responsáveis responderão a processos administrativos.

O MEC informa ainda que uma outra comissão foi criada para avaliar as condições de funcionamento da universidade.

Os professores e estudantes do campus na capital rondoniense, onde são ministrados 28 dos 54 cursos, estão em greve há mais de dois meses e a reitoria está ocupada pelos estudantes há 50 dias.

A pauta de reivindicações contém 26 pontos, a maioria referente à contratação de funcionários técnicos e à reforma dos prédios.

позиции сайтов в поисковикахполигон отзывыавтоматика для водяных насосов