by /0 comments

Avaliação de alunos revela disparidade no ensino fundamental em São Paulo

Enquanto nas séries iniciais houve avanço, nas séries finais o aprendizado teve forte queda
Os resultados da avaliação dos alunos das escolas municipais de São Paulo, divulgados nesta sexta-feira, dia 17, revelam uma grande disparidade no aprendizado do ensino fundamental em Língua Portuguesa e Matemática. Enquanto nas séries iniciais houve avanço na Prova SP de 2008 em relação ao ano anterior, nas séries finais o aprendizado teve forte queda.

De acordo com os critérios da secretaria municipal, em Língua Portuguesa, 66% dos alunos estão no nível adequado de aprendizado na 2ª série; em 2007 esse percentual era de 63,3%. Na 4ª série, o aprendizado adequado passou de 54,6% para 56,4%. Já na 6ª série, o aprendizado caiu de 47,4% para 38,5%. Na 8ª série o resultado caiu de 53,1% em 2007 para 38% em 2008.

Em Matemática, a tendência se repete. Na 2ª série, o conhecimento adequado aumentou de 67,4% para 77,7%. Na 4ª série, passou de 60,9% para 68,4%. Na 6ª série, redução foi de 47,2% para 41,2% e na 8ª série, queda de 60,3% para 47%.

O secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, creditou os avanços nas séries iniciais ao programa Ler e Aprender, iniciado em 2006, a redução do chamado turno da fome e a ampliação do número de horas de aula. “O desafio agora é manter essa melhora nos próximos anos, o que os resultados estão mostrando é que devemos investir cada vez mais cedo na qualidade do ensino”, afirmou ao movimento Todos pela Educação.

Sobre a queda de desempenho no final do ensino fundamental, o secretário acredita que os alunos ainda não sentiram os efeitos dos programas da secretaria.

A Prova São Paulo segue os mesmo parâmetros do Sistema Avaliação da Educação Básica, do Ministério da Educação. A prova foi aplicada nos dias 10 e 11 de dezembro do ano passado para cerca de 300 mil alunos.чем закрепить макияж на лицепаркет цена за квадратный метрТепловой