by /0 comments

Bahia adota avaliação de professores e promoção por mérito

O aumento salarial será concedido aos três mil professores melhor colocados. A prova é voluntária, relata o jornal A Tarde

Os professores da rede de ensino da Bahia serão submetidos a um exame de desempenho profissional que proporcionará uma progressão de carreira e aumento salarial, informa o jornal A Tarde. O benefício será concedido aos três mil professores melhor colocados. A prova é voluntária.

Segundo o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, na pré-inscrição realizada entre maio e junho, mais de 18 mil professores se inscreveram no exame. Ele informou que somente 24 mil dos mais de 40 mil professores das escolas estaduais estão aptos a participar da avaliação.

O exame será feito em duas etapas. A primeira é a aplicação de prova com questões objetivas e discursivas. A segunda é uma avaliação institucional, na qual será considerado o indicador de rendimento dos alunos no Censo Escolar. Os docentes poderão optar em realizar o exame pela sua área de formação ou pela área na qual atua.

O secretário negou à repórter Raíza Tourinho que a avaliação estimule a aprovação automática. “Acreditamos que o aluno seja recuperado ao longo do ano, evitando assim a reprovação. Não apoiamos a aprovação só para gerar número”, afirmou.

Uma professora de língua portuguesa ouvida pelo jornal e que pediu para não ser identificar criticou a avaliação. “Não é uma prova que vai avaliar a competência do professor, mas o cotidiano dele na sala de aula. Não é o dinheiro que vai fazer o professor ter um bom desempenho em sala”, disse.

A avaliação será realizada anualmente e têm direito a fazê-la todos os professores, coordenadores pedagógicos, diretores e vice-diretores. Segundo o jornal, os critérios de avaliação foram definidos por representantes do governo do Estado e pelo sindicato dos professores.

класс отзывыотзывы mfxbrokerосвещение в сауне