by /0 comments

Bahia terá eleição direta para diretores de escolas

Alunos com mais de 14 anos, pais, professores e servidores poderão votar, informa a Folha on line

A partir de dezembro, os diretores e vices-diretores das 1.753 escolas estaduais da Bahia serão escolhidos por eleição direta, informa a Folha on line. Segundo decreto assinado na quinta-feira pelo governo do Estado, vão participar da eleição os alunos com mais de 14 anos, pais, professores e servidores.

O peso dos votos será igual e os diretores e vices terão mandato de três anos. O candidato deve ser servidor do magistério público e fazer um curso de gestão escolar. Este curso é gratuito e terá 12 mil vagas. As aulas começam no próximo dia 29. O decreto estabelece que a jornada de trabalho será de oito horas.

Para o secretário Educação, Adeum Sauer, a eleição garantirá mais integração da comunidade com a escola. “Com as eleições diretas, os colégios terão mais força para responder às demandas da comunidade escolar”, disse ele ao repórter Luiz Francisco

O presidente licenciado do sindicato dos professores licenciados da Bahia, Rui Oliveira, disse que o decreto é uma “conquista histórica”. “Finalmente vamos sair da capitania hereditária das indicações políticas para um processo democrático, onde todos têm as mesmas chances”, afirmou.

Leia a íntegra da matéria da Folha on line