by /0 comments

BNDES reabrirá linha de crédito para instituição de ensino superior privada

Criada em 2009, ela nunca chegou a ser concretiza por causa das inúmeras exigências para a concessão do empréstimo.
O Ministério da Educação informou aos representantes do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá reabrir a linha de crédito para as instituições. Criada em 2009, ela nunca chegou a ser concretiza por causa das inúmeras exigências para a concessão do empréstimo.

O Fórum informa em seu site que em reunião no dia 6 de abril, com o secretário de Educação Superior do MEC, Luiz Cláudio Costa, e com o Secretário de Regulação de Cursos Superiores, Luiz Fernando Massoneto, as demandas das IES particulares avançaram. Costa informou que será editada, nos próximos dias, uma portaria reabrindo o protocolo com o BNDES, desta vez, com menos exigências, diz o Fórum.

Não há informação sobre o valor do crédito, mas quando foi lançado, em fevereiro de 2009, era de R$ 1 bilhão. Cinco meses depois, uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo informava que o acordo ainda não tinha saído do papel. Relatava que o Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp) garantia que 76% das faculdades e universidades particulares não atendiam as exigências do MEC.

Entre os critérios estabelecidos para a concessão do crédito estava a nota 3 nas avaliações do MEC (uma escala de 1 a 5) e a obrigatoriedade da participação no ProUni e no Fies. Outra exigência é que 60% dos cursos tenham sido reconhecidos (o reconhecimento ocorre quando a primeira turma é formada).

Mais informações em: http://www.cgceducacao.com.br/canal.php?c=1&a=11983&i=0Что такое Перелинковкавладимир мунтян пасторгидробак цена