by

BRASIL E ARGENTINA SE UNEM EM REDE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES

                      

Educadoras brasileiras e argentinas acabam de se unir para criar uma rede internacional de formação de professores: a Pedagogia Subjetividade. A iniciativa ganha destaque no momento em que o novo ministro da Educação, José Henrique Paim, elege a qualificação dos professores como uma “obsessão”.
Pensada com a filosofia de construir pontes e focada no ensino infantil, a Pedagogia Subjetividade é um centro de estudos que trabalha com a abordagem italiana de Reggio Emilia, o modelo pedagógico de maior sucesso da educação infantil na atualidade, no qual a criança é o centro da aprendizagem.
A nova rede de formação de professores organiza cursos, oficinas e viagens pedagógicas para vários países. É composta pela pedagoga e psicopedagoga Tais Romero, formada pela Reggio Children/Reggio Emilia; Fernanda Costa,  diretora da escola Stagium, e as argentinas Alejandra Dubuvik e Alejandra Cipittelli, diretoras da escola Fabulinus, localizada na região de Tigre, na Argentina, também especializadas em Reggio Emilia.
Neste primeiro semestre, a Pedagogia Subjetividade programou para São Paulo o ciclo “Formação para a Infância: Questões discursivas nas articulações”, com quatro cursos especiais para professores debaterem temas variados com profissionais norte-americanos, argentinos e brasileiros.
Confira a programação completa:
DIA 15/02 “A Escola como um grande Atelier”, com Simonetta Cittadini e Juan Calle – da escola L’Atelier, nos Estados Unidos.
Simonetta Cittadini é psicóloga e arte-educadora. Participa de encontros internacionais promovidos pela Reggio Children e North American Reggio Emilia Alliance (NAREA), na Itália e nos Estados Unidos.
Juan Calle é atelierista, músico, pedagogo e consultor pedagógico.
DIA 29/03 – “Documentação Pedagógica, com Alejandra Dubovik , Alejandra Cipitelli e Álvaro Dubovik.
Diretores da escola Fabulinus, instituição argentina especializada em Reggio Emilia.
DIA 26/04 – “A Gramática do Desenho”, com Edith Derdyk.
Artista plástica, educadora e escritora, Edith Derdyk é autora do livro “Formas de Ensinar o Desenho”.
DIA 24/05 – “Um dedo de prosa: Uma conversa entre educadores com Madalena Freire e Paulo de Moraes“.
Filha do educador Paulo Freire, Madalena é autora de “Sala de Aula – Que Espaço é Esse?” e “A Paixão de Conhecer o Mundo”.
Paulo Moraes é professor de teatro e de orientação educacional. É ator, diretor de teatro, figurinista e preparador corporal.

SERVIÇO
Horário: 09h às 16h30
Local: Escola Stagium – Rua Osvaldo Cruz, 162 – Diadema – SP (estacionamento no local) Ver Mapa.
Informações e inscrições: pedagogiasubjetividade@gmail.com
Investimento

Os quatro encontros custam R$ 1.320,00 ou 4x de R$ 330,00.
O 1º encontro custa R$ 523,00 e pode ser dividido em quatro parcelas.
O 2º tem investimento de R$ 347,00, em duas parcelas.
O 3º encontro custará R$ 252,00, em duas parcelas.
O 4º será de R$ 198,00, em duas parcelas.
Pagamento à vista ou grupos acima de 5 pessoas desconto de 10%.
Para servidores públicos e estudantes de Pedagogia também desconto de 10%.
IMPORTANTE: Haverá transporte saindo do metrô Jabaquara para a Escola Stagium e da Escola Stagium para o Jabaquara.
Informações