by /0 comments

Brasil é o país que mais aumenta investimento em educação, diz OCDE

Gasto cresceu 121%, entre 2000 e 2008. Em termos de porcentagem do PIB, o país também apresenta a maior alta de investimento entre os 30 países pesquisados, passando de 3,5% para 5,3%
O Brasil foi o país que mais aumentou os investimentos em educação básica entre 30 países pesquisados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), entre 2000 e 2008. Segundo estudo publicado nesta terça-feira, dia 13, o gasto com educação cresceu 121% no período.

Em termos de porcentagem do Produto Interno Bruto (PIB), o Brasil também apresentou a maior alta de investimento, passando de 3,5% para 5,3%, no período. Mesmo assim, o país investe menos que média dos países OCDE, que é 5,9%.

A Agência Brasil informa que o estudo da OCDE mostra que o Brasil tem priorizado a educação, “com significativas mudanças no financiamento público”, tendo por base a comparação entre o gasto público em educação e o total do gasto público. O maior aumento percentual em gastos no orçamento público foi com educação, que cresceu de 10,5%, em 2000, para 17,4%, em 2008. De acordo com a OCDE, esta é a terceira maior proporção registrada.

O estudo revela que o resultado deste investimento é o aumento nos anos de estudo. Hoje, mais de 90% dos alunos passam pelo menos nove anos na escola – um ano a mais de estudo entre 2000 e 2007.

A pesquisa aponta aumento no percentual de pessoas que completaram o ensino médio, que passou de 27% para 30%. A média dos países da OCDE é de 44%.

Apesar de o Brasil ainda ter 10% da população de analfabetos, o relatório informa que 8,6% das pessoas entre 30 e 39 anos estão matriculadas – percentual que está acima da média da OCDE (6,2%). Entre os brasileiros com mais de 40 anos, o percentual é 2,5% – contra 1,5% da média registrada nos países que participaram da pesquisaсоздание сайта на заказкупить видеокамеру в интернет магазинегидроаккумулятор киев купить