by /0 comments

Brasil já tem quase 800 mil alunos à distância

Um em cada oitenta brasileiros estuda desta forma nos 889 cursos à distância credenciados, informa o jornal Gazeta de Ribeirão. Entre 2005 e 2006 houve um crescimento de 54% nas matrículas.

Dados da terceira edição do Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta e a Distância (Abraead) revelam que o número de estudantes matriculados em cursos à distância (EAD) já chega a 778 mil. Entre 2005 e 2006 houve um crescimento de 54% nas matrículas. Conforme o estudo, um em cada oitenta brasileiros estuda desta forma nos 889 cursos à distância credenciados, informa a Gazeta de Ribeirão.

No total, o Brasil teve, em 2006, mais de 2.2 milhões de alunos à distância matriculados em vários tipos de cursos. Segundo o estudo, os motivos mais freqüentes para a evasão dos alunos neste modelo de ensino são a ausência de tempo e dinheiro, dificuldades com o método e o preconceito pela sistema.

Para a doutora em educação e especialista em educação a distância, Vani Moreira Kenski, o preconceito com os cursos à distância surgiu há décadas, com os cursos por correspondência. “Desde a onda dos cursos por correspondência, há décadas, o brasileiro não vê com bons olhos o ensino a distância”, diz ela Vani, que defende o uso da tecnologia para aprimorar e facilitar os estudos. “É um grande passo do sistema educacional, que já é usado com sucesso em vários países e começa a dar certo por aqui”, disse.

Para o diretor de políticas em educação à distância do MEC, Hélio Chaves, “todos os indicadores mostram que os alunos de educação a distância são iguais ou melhores que os da educação profissional”.

Mais informações em: http://www.gazetaderibeirao.com.br/Мунтянalcatel 5019donline casino