by

Fortalecer o diálogo ajuda na prevenção do bullying

bullying
Bullying – Quem convive com crianças e jovens, sabe quanto eles são capazes de pequenas e grandes perversões. Dão apelidos, tiram onda uns dos outros, evidenciam as “imperfeições” dos colegas e às vezes, passam ao embate físico.Esse comportamento não é novo, mas a maneira como educadores e pesquisadores o encaram vem mudando – de forma positiva.

Nas últimas décadas este conjunto de atitudes passou a ser visto como uma forma de violência e ganhou nome: bullying.

“As ações do cotidiano de uma escola são pensadas de modo a buscar uma boa convivência”, diz a orientadora educacional da Escola Stance Dual School, Ana Claudia Correia, em entrevista para a revista Claudia para a matéria “Chega de Bullying”. Leia a matéria completa acessando a revista abaixo.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone