by /0 comments

Cai a secretária de Educação de São Paulo; ex-ministro Paulo Renato assume

“Ele (Paulo Renato) tem mais peso político para as eleições de 2010”, teria afirmado ela, segundo o jornal O Estado de S. Paulo na internet

A secretária da Educação do Estado de São Paulo, Maria Helena Guimarães de Castro, pediu demissão, informa o jornal O Estado de S. Paulo. Ela será substituída pelo deputado federal Paulo Renato Souza, ex-ministro da Educação do governo Fernando Henrique Cardoso.

“Já cumpri minhas metas”, disse. Ela também relacionou sua saída com as eleições de 2010. “Ele (Paulo Renato) tem mais peso político para as eleições de 2010”, teria afirmado ela, segundo a versão do jornal na internet.

Ela deixa o cargo dias depois de divulgar o Índice de Desenvolvimento da Educação (Idesp) e em meio a polêmica sobre a concessão de bônus para as escolas que melhoraram o desempenho no índice paulista. Outra polêmica envolvendo a secretária foi o erro grosseiro em um mapa da apostila de geografia distribuída para os professores e alunos.

Segundo a reportagem de Renata Cafardo, Débora Nogueira e Solange Spigliatti, o governador José Serra não teria gostado da apostila de geografia e Maria Helena reclamava de sofrer pressões da imprensa.

O jornal diz que Paulo Renato teria convidado Maria Helena a continuar como assessora de área de avaliações na secretaria. “Não sei ainda o que vou fazer, se volto para a Unicamp ou se adianto a minha aposentadoria”, disse ela ao Estado de S. Paulo.

A assessoria do gabinete do deputado federal informou que o convite para assumir a Secretaria de Educação de São Paulo foi feito pelo governador no último domingo. A reportagem informa que Paulo Renato Souza deverá assumir dia 15 de abril.

Maria Helena de Castro foi secretária executiva de Paulo Renato e presidente do Inep durante o governo Fernando Henrique.

Leia a íntegra da matéria de O Estado de S. Paulo

программы для шифрованияалександр лобановский харьковшпигунські штучки