by /0 comments

Câmara aprova criação da Universidade Luso-Afro-Brasileira

A proposta seguirá agora para o Senado. A Unilab será instalada no município cearense de Redenção, a primeira cidade brasileira a libertar todos os escravos, em 1883
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou nesta terça-feira, dia 13 de abril, a criação da Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira (Unilab), a ser instalada no município cearense de Redenção, a 63 Km de Fortaleza. A proposta seguirá para o Senado se não houver recurso para que a matéria seja votada pelo Plenário, informa a Agência Câmara.

O objetivo da instituição será formar recursos humanos para desenvolver o intercâmbio acadêmico e a integração entre o Brasil e os demais países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP): Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Redenção foi escolhida por ser a primeira cidade brasileira a libertar todos os escravos, em 1883. Atualmente, a cidade tem cerca de 26 mil habitantes, segundo dados da prefeitura.

Para começar as obras, a União foi autorizada a transpor, remanejar, transferir total ou parcialmente, dotações orçamentárias aprovadas na Lei Orçamentária de 2010 e em créditos adicionais da Universidade Federal do Ceará.wobs.uaимплантация зубов под ключпройти детектор лжи