by

Casos da gripe tipo A: vigilância aumenta nas escolas

Escolas estão vigilantes com os casos da gripe tipo A

A secretária de saúde do Estado de São Paulo confirmou que uma mulher morreu vítima da gripe H1N1. Sua filha encontra-se internada com sintomas da doença.

Só neste ano a cidade de São Paulo registrou 32 casos da gripe A. São trinta casos a mais do que os relatados no mesmo período do ano passado.

Agora, as escolas estão orientando os pais dos alunos para saber como agir, de modo que evite a contração da doença.

Segundo um médico infectologista, a complicação respiratória é o grande perigo da gripe A e de outras gripes.

Em 2009, o vírus da H1N1 provocou mais de 2000 mil mortes no Brasil. Muita gente ficou em pânico com a doença. Mas isso mudou: os médicos não sabem ao certo se o vírus enfraqueceu ou se nós nos tornamos resistentes porque tivemos contato com ele.

Veja a matéria acima da Tv Globo.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone