Últimas

Escola de Educação de Jovens e Adultos zera evasão

Conhecer a vida de cada aluno é fundamental para os resultados positivos, disse Rinaldo Meroni, diretor da escola estadual Paulino Nunes Esposo, em Parelheiros,...   Leia mais

Agricultura familiar já atende escolas de 2 mil municípios

A lei que obriga um mínimo 30% dos recursos repassados pelo governo federal para a merenda serem gastos na agricultura familiar entrou em vigor...   Leia mais

Justiça permite a todos fazer nova prova do Enem

A Advocacia-Geral da União já protocolou no Tribunal Regional Federal da 5ª Região recurso contra a liminar A Justiça Federal no Ceará decidiu, na...   Leia mais

Estudo comprova as grandes desigualdades da educação brasileira

Os 20% mais ricos tem o dobro de anos de estudo na comparação com os 20% mais pobres A educação no Brasil está avançando...   Leia mais

Na opinião do ministro da Educação, não haverá prejuízo ao uso da nota da prova pelas instituições federais de ensino superior. As falhas ocorridas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não vão atrasar o cronograma de divulgação dos resultados, garantiu o ministro da Educação, Fernando Haddad, durante audiência na Comissão de Educação da Câmara, nesta quarta-feira. Ele informou que as novas provas para os alunos prejudicados serão aplicadas em dezembro, mas não precisou o dia. Na opinião do ministro, não haverá prejuízo ao uso da nota da prova pelas instituições federais de ensino superior. Haddad afirmou que a data da nova prova deve ser anunciada até a próxima semana, assim que for concluída a avaliação da quantidade de exames que serão reaplicados. Segundo Haddad, será preciso identificar caso a caso os alunos que foram prejudicados, estimados em 0,1% do total de inscritos (cerca de 3,5 milhões). Ele informou que a capacidade de correção das provas é de 100 mil unidades por dia. “Se houvesse mais dez mil provas para processar, a correção seria em horas”, destacou. Os novos exames serão aplicados pelos mesmos organizadores (Cespe/UnB e Fundação Cesgranrio), sem custo adicional. O ministro da Educação tentou mais uma vez reduzir o impacto dos erros – classificou os problemas como “tópicos” – e disse que as falhas ocorreram em razão do grande alcance do exame. “Esta não é a primeira vez em que será preciso reaplicar o exame para casos específicos. Não me lembro de uma edição do Enem na qual não tenha havido alguma ocorrência dessa natureza”, afirmou. Haddad reafirmou ser possível aplicar uma segunda prova sem ferir a isonomia, porque em 2008 o Enem foi reformulado para permitir que as provas fossem comparáveis entre si em relação ao grau de dificuldade, com o método Teoria de Resposta ao Item (TRI). Fernando Haddad também reiterou sua defesa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Ele destacou que o instituto realiza o censo de 60 milhões de jovens por ano, faz a avaliação de 600 mil escolas e cuida da Prova Brasil, entre outras atribuições. “Podem ocorrer falhas, mas elas são apuradas. Vamos aceitar que houve um problema e solucioná-lo”, afirmou. Segundo a Agência Câmara, deputados da base governista e até da oposição manifestaram apoio à permanência de Haddad no MEC no governo Dilma. “Se a presidenta Dilma quiser que continue o avanço da educação, deve manter o ministro”, disse o presidente da Comissão, deputado Angelo Vanhoni (PT-PR).

Segundo a assessora de Primeira Infância da Plan Brasil, Isadora Garcia, em muitos municípios não há sequer uma creche para atender as crianças de...   Leia mais

MEC prevê nova prova para dezembro e diz que calendário do Enem não muda

Na opinião do ministro da Educação, não haverá prejuízo ao uso da nota da prova pelas instituições federais de ensino superior. As falhas ocorridas...   Leia mais

Rede Federal de Educação diz que continuará a adotar o Enem

Em nota, os dirigentes “defendem a permanência do atual ministro como garantia da manutenção desta política inclusiva” Os reitores e diretores da Rede Federal...   Leia mais

Justiça anula suspensão do Enem

O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, Luiz Alberto Gurgel de Faria, derrubou a liminar que suspendia o exame O presidente do...   Leia mais

Preocupadas, universidades federais divulgam nota de apoio ao Enem

Segundo o Ministério da Educação, 59 universidades federais vão utilizar a nota do Enem de 2010 A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais...   Leia mais

Justiça suspende divulgação do gabarito do Enem; MEC recorre

O Ministério da Educação também está proibido de receber requerimentos administrativo de qualquer aluno prejudicado A Justiça Federal no Ceará decidiu nesta terça-feira suspender...   Leia mais

Escola publica baiana ganha prêmio de gestão

Colégio estadual Casa Jovem (CECJ), em Igrapiúna, na Bahia, venceu o Prêmio Nacional de Referência em Gestão O colégio estadual Casa Jovem (CECJ), em...   Leia mais

Arquivo Público lança site com a memória da educação paulista

São disponibilizados relatórios, dados estatísticos, instruções pedagógicas, revistas, trabalhos escolares, além de imagens e outros documentos raros dos séculos 19 e 20 O Arquivo...   Leia mais

UNE e UBES defendem o Enem, mas cobram explicação do MEC

As entidades criaram uma central de denúncias pelo e-mail enem2010@une.org.br e pelo telefone 11 2771.0792 A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União...   Leia mais

Justiça suspende o Enem

Para a juíza Karla de Almeida Miranda Maia, uma nova prova para os estudantes prejudicados poderá deixar “em desigualdade todos os candidatos remanescentes” A...   Leia mais

Candidato lesado no Enem poderá fazer nova prova

Inep colocará na quarta-feira uma página na internet para que os estudantes prejudicados relatem o ocorrido Os candidatos que tiveram problemas com o caderno...   Leia mais

Inep garante segurança sólida para o Enem

O Enem será aplicado neste final de semana. Mais de 4,6 milhões de estudantes devem participar da prova em 1,8 mil municípios O presidente...   Leia mais

Brasil vence 15ª Olimpíada Ibero-Americana de Química

Raul Bruno Machado da Silva, do colégio Ari de Sá, no Ceará, ficou pela segunda vez seguida com o primeiro lugar geral O Brasil...   Leia mais

Maioria das cidades que não aderiram ao livro didático é de São Paulo

Um levantamento do Observatório da Educação revela que os sistemas de ensino do setor privado são mais comuns nas cidades com menos de 30...   Leia mais

Projeto Cisternas seleciona 630 escolas no semiárido

Segundo a Articulação no Semi-Árido Brasileiro (ASA), este número equivale a 75% das cisternas previstas. O Projeto Cisternas nas Escolas selecionou 630 escolas rurais...   Leia mais

Prêmio Arte na Escola valoriza o professor

Com 587 professores inscritos, premiação contempla educadores de Arte dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Pará e Santa Catarina No momento em que...   Leia mais