by /0 comments

Comissão do Senado aprova mudança no financiamento estudantil

Juros do Fies cairão de 6,5% para 3,5% ao ano; prazo para pagar será de até três vezes o tempo do curso
O projeto de lei que muda as regras do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) foi aprovado na Comissão de Educação do Senado Federal nesta quarta-feira, 25, informa o Ministério da Educação.

O projeto segue para votação na Comissão de Assuntos Econômicos e se for aprovado, seguirá para sanção presidencial.

A principal alteração na lei é redução dos juros do financiamento de 6,5% para 3,5% ao ano. A nova taxa, abaixo da inflação, valerá para os novos contratos.

O prazo de pagamento do financiamento subirá para até três vezes o tempo do curso — antes, era de duas vezes.

Ainda de acordo com o texto, os estudantes dos cursos de licenciatura e de medicina que atuarem como professores da rede pública ou como médicos do programa Saúde da Família poderão pagar o financiamento com o exercício da profissão. Reduzirão 1% da dívida a cada mês trabalhado.

A taxa de juros também diminuirá para 2% ao ano sobre o saldo devedor de cada estudante. O relator da matéria, Sérgio Zambiasi (PTB-RS), destacou que o problema das dívidas antigas, que chegam a R$ 300 milhões, foi parcialmente atendido, mas reconheceu que a proposta não corrige os juros excessivos cobrados anteriormente, informa a Agência Senado.

Segundo o senador, um outro projeto irá discutir esta questão. Também será proposto dar desconto nas dívidas do Fies a profissionais que aceitem trabalhar em municípios pequenos do Norte e Nordeste.polish languageуправление репутациейnew online casinos