by /0 comments

Conferência Municipal de Educação de São Paulo já tem documento base

Evento será de 18 a 20 de junho, na Assembléia Legislativa. O documento servirá de base para o primeiro Plano de Educação da cidade
Já está pronto o documento com as 6 mil propostas que serão debatidas e votadas por 1.900 delegados na Conferência Municipal de Educação de São Paulo, entre 18 e 20 de junho, no Palácio de Convenções do Anhembi. O documento final servirá de base para o primeiro Plano de Educação da cidade de São Paulo. Segundo a ong Ação Educativa, o plano vai definir, com força de lei, as prioridades do setor para os próximos dez anos.

O processo participativo de elaboração do plano começou efetivamente em março deste ano, após dois anos de pressão e discussão com o poder público. Em agosto de 2008 foi convocada uma comissão para preparar a conferência e colher as propostas.

Desde o início de 2010, foram realizadas cerca de duas mil plenárias nas escolas, com a presença de estudantes, professores, gestores públicos, pais e mães de alunos, representantes da iniciativa privada e militantes de movimentos. Ao todo, 21 mil pessoas participaram dos encontros.

O documento base com 866 pontos foi elaborado por uma equipe composta por pesquisadores e especialistas, a maioria vinculada à Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo

O texto deverá ser discutido e votado pela plenária, para depois ser encaminhado à Câmara Municipal e à Assembleia Legislativa (o plano envolve a rede estadual na cidade).

Depois de votado, o documento será encaminhado às escolas e estará disponível no site da Secretaria Municipal de Educação.

Leia o documento baseвладимир мунтян проклятьяапостол мунтянмагазин детских товаров