by /0 comments

Conselho Nacional de Secretários de Educação reelege presidente

Maria Auxiliadora Seabra Rezende, secretária da Educação do Tocantins, vai dirigir o Consed no biênio 2009-2010
A secretária da Educação do Tocantins, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, foi reeleita presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) para o biênio 2009-2010. A eleição aconteceu na quinta-feira, dia 12, durante a I Reunião Ordinária de 2009, realizada em Teresina, informa o site do conselho.

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Dorinha, como é conhecida, é mestre em Educação Escolar Brasileira, também pela UFG. É doutoranda em Gestão Educacional pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

A nova diretoria do Consed é composta por: Adeum Sauer, secretário de Educação da Bahia (Região Nordeste); Maria Nilene Badeca da Costa, secretária de Educação do Mato Grosso do Sul (Região Centro-Oeste); Maria Helena Guimarães Castro, secretária de Educação de São Paulo (Região Sudeste); e Mariza Abreu, secretária de Educação do Rio Grande do Sul (Região Sul).

Microsoft

Nesta sexta-feira, dia 13, o Consed e a Microsoft Brasil assinaram mais um convênio, desta vez voltado para os programas de acessibilidade, aluno monitor e desafio digital. A parceria com a Microsoft já existe desde 2005 e agora está sendo ampliada com o desenvolvimento destes programas.

Para a presidente do Consed, “mais do que manter o laboratório nas escolas, é preciso preparar os jovens para as novas tecnologias e fazer com que eles possam ingressar cada vez mais no mercado de trabalho”. O presidente da Microsoft Brasil disse que tem “o compromisso em fazer da educação um dos pilares da Microsoft Brasil”.

Segundo o Consed, o programa de acessibilidade foi criado para capacitar os professores da rede pública e no atendimento a alunos com necessidades educacionais especiais. O programa já está andamento em 14 Estados (Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins).

Já o programa aluno monitor promove a formação e a qualificação profissional dos alunos para o suporte em infra-estrutura de ambientes com tecnologia. Este programa teve adesão de 10 Estados (Amazonas, Bahia, Maranhão, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins), nos quais 800 tutores locais já estão em processo de formação e aplicarão o programa a 22.500 estudantes até junho de 2009.

O programa Desafio Digital oferecer aos alunos do ensino médio uma formação técnica introdutória para carreira de desenvolvimento de software. Esse programa começará a ser desenvolvido, nos Estados que aderirem, a partir do segundo semestre de 2009 para os alunos que se formarem no aluno monitor.статистика ключевых запросов googleремонт принтеровfree play online