by /0 comments

Continua o impasse na greve dos professores das federais

MEC reafirma que “não há qualquer possibilidade de reabertura” das negociações e sindicato diz que a paralisação “permanece firme e coesa” em 57 universidades
Perto de completar três meses, a greve dos professores das instituições federais de ensino superior continua sem previsão de terminar. Nesta quarta-feira, dia 9, o Ministério da Educação divulgou uma nota reafirmando que “não há qualquer possibilidade de reabertura” das negociações.

Também hoje, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) divulgou um comunicado informando que a greve “permanece firme e coesa” em 57 universidades e cobra do governo “reabertura de negociações”.

A proposta do governo federal é de um reajuste entre 25% e 40% para todos os docentes, aplicados de forma parcelada até 2015. De acordo com o sindicato, que representa a maior parte da categoria, a proposta “prejudica os docentes e aprofunda as distorções”.

O MEC disse que enviou uma circular aos reitores das universidades e institutos federais reiterando que as negociações com os docentes está encerrada.

Até o momento, apenas a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes), uma das entidades que representam os docentes, aceitou o acordo com o governo. Duas instituições filiadas ao Proifes já aprovaram o fim da greve, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), além do Instituto Federal de Educação Profissional e Tecnológica do Paraná (IFPR).

O ministério informa que até o final de agosto será enviado ao Congresso Nacional a proposta de carreira dos professores. A nota garante que o acordo assinado com a Proifes não poderá ser alterado pelos congressistas.

O governo federal só negocia agora com os representantes dos servidores técnicos administrativos, através do Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica e Profissional (Sinasefe) e Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra). No último dia 6 foi apresentada uma proposta de 15,8%. Nova rodada está prevista para esta sexta-feira, 10.игри детейкупить ноутбук из китаякупить ортопедический рюкзак для девочки