by /0 comments

Cursos de medicina terão mais 2,5 mil vagas

O objetivo é abrir as vagas fora dos grandes centros urbanos

As instituições de ensino superior serão autorizadas a abrir cerca de 2.500 vagas nos processos seletivos para medicina até 2014, o que representa um aumento de 15% na área. São 2 mil postos em universidades federais e 500 em instituições particulares.

Segundo os jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo, o objetivo do Ministério da Educação é abrir as vagas fora dos grandes centros urbanos, mas ainda não foram divulgadas quais escolas participarão. “Uma das nossas prioridades é a interiorização da formação dos médicos”, disse o ministro Aloizio Mercadante.

O vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Carlos Vital, criticou a medida. “Em qualquer área, se há mais mão de obra do que procura, há aviltamento das condições de trabalho, o que seria um risco à população”, disse. O CFM informa que que só na década passada foi autorizado o funcionamento de 85 faculdades de medicina no País.

Segundo o MEC, só será autorizada a ampliação em instituições que já receberam parecer favorável do Conselho Nacional de Saúde.

O MEC justificou a medida ao mostrar que há 1,8 médico para cada mil habitantes no Brasil, enquanto nos EUA a relação é 2,4; Reino Unido, 2,7; Uruguai, 3,7; Argentina, 3,16; México 2,89; e Cuba, 6,39. A intenção é chegar a 2,5 médicos por mil habitantes até 2030.

Atualmente, o País forma 16,5 mil médicos por ano em pouco mais de 180 escolas. A meta é aumentar esse número para 19 mil.

услуги полиграфии киев6020 canon картриджтуры по средиземному морю