by /0 comments

Empresário brasileiro rejeita escola pública para o filho

No entanto, 87% preferem que os filhos cursem a graduação numa instituição pública

Uma pesquisa sobre educação realizada com 240 executivos que fazem parte do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) mostra que 96% deles não colocariam o filho para estudar em escola pública nos ensinos fundamental e médio, reporta o site G1. Já na hora de fazer faculdade, 87% preferem que os filhos cursem a graduação numa instituição pública.

A pesquisa foi feita na terça-feira durante o 8º Seminário Lide, que contou com a participação do ministro da Educação, Fernando Haddad e foi realizado em um hotel da capital paulista.

O levantamento também pediu aos executivos que dessem notas para o ensino público na esfera federal, e estadual e municipal em São Paulo. Eles classificaram como 2,5, 2,6 e 2,6, respectivamente.

O Lide é formado por 438 empresas, que representam 40% do PIB. Dois representantes de cada unidade são convidados a fazer parte dos eventos do grupo.

e25heavy december 2017вихревой поверхностный насос купить