by /0 comments

Enade mostra que 68% dos cursos superiores são satisfatórios

Entre 2009 e 20012, a proporção de cursos com conceito 3 (satisfatório) subiu de 37,8% para 43,9%; com conceito 4, de 9,7% para 19%; e com conceito 5, o mais alto, de 1% para 5,4%.
O percentual de cursos com resultado satisfatório no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) passou de 48,5% para 68,3% entre 2012 e 2009, informa o Ministério da Educação. Foram avaliados 7.228 cursos de 1.646 instituições de educação superior.

O Enade avalia os estudantes quando ingressam e quando concluem a educação superior. A nota individual do aluno não é divulgada. O exame é feito em ciclos de cursos. A edição de 2012 concluiu o ciclo que abrange ciências sociais aplicadas, ciências humanas e áreas afins; e os eixos tecnológicos de gestão de negócios, apoio escolar, hospitalidade e lazer, produção cultural e design.

Entre os dois anos, a proporção de cursos com conceito 3 (satisfatório) subiu de 37,8% para 43,9%; com conceito 4, de 9,7% para 19%; e com conceito 5, o mais alto, de 1% para 5,4%.

Entre os cursos em instituições públicas, 80,5% obtiveram uma nota satisfatória, sendo 17% a nota máxima; 29,8% a nota 4, e 33,7% a nota 3. Já entre as universidades privadas, responsáveis por 75% das matrículas, 3,5% tiveram nota 5 no ano passado, contra 0,4% sendo em 2009.

O Enade corresponde a 70% da composição do Conceito Preliminar de Curso (CPC), que será divulgado no final deste mês. Para calcular o CPC, a pasta também considera a infraestrutura e a equipe de profissionais.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante disse que “o sistema avançou”, mas ainda há “uma parcela de cerca de 30% com notas 1 e 2, que são insuficientes”. Segundo ele, os cursos que tirarem notas 1 e 2 no CPC “poderão ter os vestibulares suspensos”.

Em 2013, entre as mudanças na avaliação constam a obrigatoriedade do estudante permanecer, ao menos, uma hora na sala de provas e a utilização das notas do Enem para substituir a prova de entrada no Enade.

Este ano, o exame será aplicado no dia 24 de novembro, quando serão avaliados 4.916 cursos ligados à área da saúde – como medicina, farmácia, zootecnia e educação física. A expectativa do MEC é que cerca de 200 mil estudantes façam a prova.недорогой хороший ноутбукnikas отзывgames online gratis