by /0 comments

Encontro debate saídas para os piores municípios em qualidade de educação

Uma pesquisa inédita mostrando os casos de sucesso em projetos de 37 redes municipais será apresentada no 3º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação

Melhorar a educação nos 1.242 municípios com baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é o principal objetivo do 3º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação, que começa nesta segunda-feira, em Brasília.

De acordo com o boletim divulgado pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), mais de 800 gestores destas cidades vão participar das discussões. Ao todo, são esperadas mais de 1.800 pessoas no fórum.

A Undime vai divulgar uma pesquisa inédita mostrando os casos de sucesso em projetos de 37 redes municipais de Ensino Fundamental em que o direito de aprender dos estudantes é assegurado.

Em artigo escrito para o fórum, a presidente da Unidme, Justina Iva de Araújo Silva, defende uma escola “comprometida com a inclusão, com a educação de qualidade de forma eficiente, sendo difusora de valores democráticos e de justiça social”.

Ele defende uma ação mais ativa dos dirigentes municipais. “A atuação do Dirigente Municipal de Educação deve ultrapassar os muros das escolas municipais e de sua administração na Secretaria, por meio de articulações com as demais Secretarias do Governo (Segurança, Saúde, Assistência Social, Trabalho, Cultura), com os Conselhos Municipais, com a Câmara de Vereadores, com o governo do Estado e com universidades”, escreve ela.

O evento, que vai até quinta-feira, é organizado pela Undime, Ministério da Educação, Organização dos Estados Íbero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e apoio institucional do Unicef e da Fundação Itaú Social.

Leia mais no site do fórum

Veja os municípios com menor Ideb

класс лобановскийдитячі триколісні велосипедиароматизаторы автомобильные