by /0 comments

Enem tem abstenção recorde e gabarito errado

Dos 4,1 milhões de inscritos, menos de 2,6 milhões de estudantes fizeram as provas. Além disso, o gabarito divulgado logo após o exame estava com erro
A abstenção nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi recorde este ano de 2009, quando a prova foi vazada teve que ser adiada em dois meses. Dos 4,1 milhões de inscritos, menos de 2,6 milhões de estudantes fizeram as provas. Além disso, o gabarito divulgado pelo Inep logo após a prova estava com erro. O gabarito correto foi divulgado nesta segunda-feira.

A abstenção no primeiro dia, de pelo menos 37,7%, pode subir, já informações preliminares do Ministério da Educação indicam que no domingo não compareceram pelo menos 2,9% dos inscritos que tinham feito a prova de sábado, informa a Agência Brasil. Em 2008 o comparecimento chegou a 72%.

O presidente do Inep, Reynaldo Fernandes, admitiu que o vazamento prejudicou a presença, já que algumas universidades desistiram de usar o Enem porque causa do adiamento da prova. Ele também culpou a chuva pela grande abstenção e também a tempo entre a data da inscrição e a realização do exame, que estava previsto inicialmente para outubro.

Segundo ele, o número dos alunos que fizeram as provas é maior que o total de estudantes que estão concluindo o ensino médio e que o número de inscritos nos vestibulares das universidades federais.

O resultado das provas deverá ser publicado em 5 de fevereiro do próximo ano.купить кухняmalibuclubкуртки детские зимние распродажа для девочек