by /0 comments

Ensino fundamental ganha 6 milhões de alunos em 2 anos

O acréscimo não significa redução de matrículas na educação infantil, garante o Ministério da Educação

O número de alunos matriculados na rede pública de ensino fundamental de nove anos, com ingresso aos seis anos, passou de 8,1 milhões para 14,2 milhões de 2005 a 2007. De acordo com informações do Ministério da Educação, as escolas receberam no ano passado cerca de 500 mil crianças de seis anos. Os números, levantados pelo Educacenso 2007, foram divulgados nesta quinta-feira, 24, pela Secretaria (SEB/MEC).

A secretária de Educação Básica, Maria do Pilar Lacerda, garante que o acréscimo no ensino fundamental não significa redução de matrículas na educação infantil. “Na prática, representa que mais crianças estão na escola”, disse. De acordo com o Educacenso, os 14,2 milhões de alunos representam 44,3% das matrículas das redes públicas.

Entre as regiões, o Centro-Oeste apresenta o maior percentual, de 73,5%, seguido do Sudeste, com 51,6%. Entre os estados, destacam-se o Rio Grande do Norte, com 99,4%; Ceará, 98,4%; Mato Grosso do Sul, 96,5%; Rio de Janeiro, 95,9%, e Minas Gerais, 95,2%. Estados como o Acre (6,4%) e o Amapá (3,1%) estão entre os que têm os menores percentuais de matrículas.

Os principais motivos, diz o MEC, estão na dificuldade dos meios de transporte e nas distâncias.

Para 2008, a secretaria promete a construção de 500 escolas de educação infantil em 470 municípios.

реклама сайта в интернете бесплатноintercepter-ng.comкупить пустой