by

Carne Fraca: Por que a escola deve falar sobre?

Deflagrada pela Polícia Federal no último dia 17 de março, a operação Carne Fraca acusou 30 empresas —  entre elas as gigantes JBS, e BRF – de vender carne estragada, com produtos cancerígenos e papelão no mercado interno e externo.

No primeiro momento, o escândalo atingiu em cheio a imagem do Brasil, um dos maiores produtores e exportares de carne do mundo. Em seguida, percebeu-se que a operação, na verdade, denunciava um esquema de corrupção envolvendo alguns fiscais do Ministério da Agricultura e as empresas.

Carne Fraca

Mas o estrago já estava feito e vários países decidiram impor restrições à importação da carne brasileira. Diante de tanta confusão, qual lição podemos tirar de mais um escândalo brasileiro?

Para entender a complexidade da operação Carne Fraca e suas consequências, a escola Lourenço Castanho, em São Paulo, organiza na próxima segunda-feira, dia 10/04, uma aula simpósio sobre a Operação Carne Fraca da Polícia Federal. Os professores de Química, Redação e Geografia falarão no auditório para todos os alunos do Ensino Médio (1ª, 2ª e 3ª séries). Serão 30 minutos de fala de cada professor, seguido de 45 minutos de debate com os alunos.