by /0 comments

Escola publica baiana ganha prêmio de gestão

Colégio estadual Casa Jovem (CECJ), em Igrapiúna, na Bahia, venceu o Prêmio Nacional de Referência em Gestão
O colégio estadual Casa Jovem (CECJ), em Igrapiúna, na Bahia, venceu o Prêmio Nacional de Referência em Gestão, iniciativa que estimula a educação básica do país. O diretor da escola, Francisco Nascimento, disse que a conquista prova a importância do trabalho em equipe.

“É a demonstração clara de que o sistema de governança, em que parcerias entre governo, terceiro setor e organizações privadas podem fazer a diferença na educação pública”, afirma, em nota distribuída pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), um dos organizadores do prêmio.

A instituição, que atende a 722 jovens do ensino fundamental e médio, oferece cursos profissionalizantes e conta com laboratórios de informática, biblioteca, auditório, cozinha industrial, quadra poliesportiva e dez salas de aula.

A biblioteca, de 2.500 volumes, também é utilizada pela comunidade que mora próxima da escola. A escola também tem um grupo de teatro formado por alunos, funcionários e professores que se apresenta em eventos pela cidade.

Este ano, o colégio realizou a primeira edição da Oficina de Educação Ambiental. Organizada pelo professor Ademário Reis Oliveira e pelos alunos Adelson do Nascimento Nunes e Nauana Tavares dos Santos, a iniciativa envolveu também duas agentes comunitárias de saúde.

A entrega do prêmio aconteceu na segunda-feira, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. As 23 escolas públicas que se destacaram em 2009 foram premiados. Os diretores destas escolas fizeram uma viagem de intercâmbio de experiências para os EUA. A escola baiana ganhou R$ 15 mil como Destaque Brasil.

Criado em 1998, o prêmio é uma iniciativa do Consed, União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Unesco e Fundação Roberto Marinho, e conta com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Movimento Brasil Competitivo, Gerdau, Instituto Razão Social, Fundação Itaú Social, Grupo Gol, Todos Pela Educação e Ministério da Educação. Este ano, 2.375 escolas se inscreveram em todo o Brasil.