by /0 comments

High School sem sair do Brasil já é realidade

Diploma permite cursar qualquer universidade americana

Começa a temporada de matrículas nas escolas de ensino básico e é o momento oportuno para avaliar se há necessidade de mudança de escola, principalmente para quem vai mudar de ciclo. Quem sabe se preparar para estudar fora do Brasil, uma tendência que vem crescendo ano a ano. Algumas instituições de ensino na capital paulista oferecem um ensino médio que segue essa orientação. Desde 2009, o Colégio Pentágono disponibiliza a opção de os alunos cursarem o high school americano, graças à parceria com a Texas Tech University, universidade americana que viabiliza o projeto e emite o diploma. O sonho de estudar em uma universidade americana está próximo.

Os alunos estudam o currículo brasileiro na parte da manhã e o americano à tarde. “Os currículos são complementares, não substitutivos. A vantagem é que trata-se de um ganho. Não há prejuízo, caso ele queira prestar vestibular aqui no Brasil, pois terá dupla titulação”, afirma Carlos Freitas, coordenador do high school do Pentágono. As aulas são dadas por um professor nativo da língua inglesa e não se fala português em sala de aula. A convivência com um professor que é dos Estados Unidos, segundo os alunos, os incentiva e fomenta o aprendizado, já que traz para a sala de aula expressões da língua e reforça a pronúcia correta.

Na primeira etapa do curso, o objetivo é elevar ao máximo o nível de inglês dos estudantes, que já passaram por prévia seleção. “O ideal é que o aluno opte por começar no 9º ano, em função da carga horária que é bastante expressiva”, aconselha Freitas. Iniciam, no 9º ano, com quatro disciplinas, com 5 horas por semana. Já no 1º ano do ensino médio, são 8 horas por semana. Cumpre dizer que todo material didático é elaborado pela Texas Tech e as provas são corrigidas nos Estados Unidos, uma vez que a universidade é quem emite o diploma do high school. Assim, o aluno estará credenciado para cursar o ensino superior naquele país.

O desafio é grande. No final do curso, os alunos devem passar por rigoroso exame, de acordo com as exigências do padrão de avaliação americano para receber a titulação, que será sua porta de entrada para o mundo.polish languagesovetneg.ruкомпрессор двухпоршневой цена