Justiça anula 13 questões do Enem - CGC Comunicação em Educação
  by /0 comments

Justiça anula 13 questões do Enem

O Ministério da Educação anunciou que vai recorrer da decisão e admitiu aumentar número de provas anuladas, caso a Polícia Federal conclua que mais estudantes tiveram acesso às questões antes da prova
A Justiça Federal no Ceará decidiu na noite de segunda-feira, dia 31, anular 13 questões do Enem de 2011 devido ao vazamento das perguntas antes da aplicação do exame, noticia a Agência Brasil. Para o juiz Luís Praxedes Vieira da Silva, o vazamento fere o princípio da isonomia. “Não é o erro, mas o vazamento das questões que leva à nulidade das mesmas, por quebrar o princípio da isonomia. Entendo razoável e proporcional, nesta oportunidade e neste momento processual, declarar a nulidade apenas das questões do certame Enem 2011 que foram objeto de vazamento e prévio conhecimento”, escreve o juiz na decisão. O Ministério da Educação anunciou que vai recorrer da decisão.

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, logo após a decisão, o ministro da Educação, Fernando Haddad considerou o julgamento “mais sóbrio” em relação ao ano passado, quando a Justiça de primeira instância cancelou o Enem, decisão posteriormente anulada.

A decisão do juiz não atendeu ao pedido do Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) para cancelar o Enem, nem a pretensão do MEC de aplicar uma nova prova apenas para os 639 alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, que tiveram acesso antecipado às questões do exame. Os itens estavam em apostila distribuída pela escola semanas antes da aplicação do Enem e vazaram da fase de pré-testes do exame, da qual a escola participou em outubro de 2010.

A presidenta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttmann, que esteve segunda-feira em Fortaleza para uma reunião com o juiz federal, admitiu aumentar número de provas anuladas, caso a Polícia Federal conclua que mais estudantes tiveram acesso à apostila.

Há a possibilidade de que estudantes do cursinho pré-vestibular da mesma instituição e também de outras escolas tenham recebido o material. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, 320 alunos do cursinho teriam tido acesso às questões.кто заходил на страницу вкинтерьер со светлым ламинатомрасценки на деревянные лестницы