by /0 comments

Lap top de baixo custo começa a sair do papel

As máquinas devem começar a ser distribuídas em em outubro deste ano

A organização sem fins lucrativos “Um Laptop por Criança” autorizou nesta segunda-feira o início da fabricação em larga escala de notebooks especiais com baixo custo e que serão dados a estudantes de países em desenvolvimento. Os computadores serão vendidos aos governos, que deverão cedê-los a alunos para ser usados em iniciativas educacionais, informa o portal Uol.

As máquinas devem começar a ser distribuídas em em outubro deste ano. “Ainda temos que criar alguns programas, mas este é um grande passo para nós”, disse à BBC Walter Bender, diretor de desenvolvimento de softwares da OLPC.

A organização – que havia dito anteriormente que o projeto só seria viável se pelo menos três milhões de notebooks fossem encomendados -, não revelou quais países compraram os primeiros computadores. A demanda mundial de XOs nos primeiros 12 meses de operação do projeto é estimada em 25 mil a 50 mil computadores, segundo informações do site da OLPC.

Atualmente, os XOs têm um custo de US$ 176 (cerca de R$ 334), embora o objetivo final da organização seja vender os computadores aos governos por US$ 100 (R$ 190). O Brasil é um dos países que participam da iniciativa. Em dezembro, universidades e outras organizações do país receberam do Ministério da Educação 60 unidades do laptop para testes, e desde então foram iniciados trabalhos para a introdução do XO em escolas de São Paulo e Porto Alegre. No país, o projeto foi batizado de Um Computador por Aluno.

Os computadores serão produzidos em Taiwan, mas os servidores que serão usados mundialmente no projeto ficarão no Brasil. Argentina, China, Egito, Índia, Nigéria e Tailândia também se dizem comprometidos com o projeto.

проверка на полиграфе при устройстве на работуВзлом приложений для андроиддетск ие игры