by /0 comments

MEC lança revista sobre educação profissional e tecnológica

Com periodicidade anual e tiragem de 3 mil exemplares, ela surge para dar visibilidade à produção científica das instituições de ensino nacionais e do exterior, diz o ministério.

O Ministério da Educação informa nesta sexta-feira, dia 13, a publicação da Revista Científica Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, já disponível na internet. Segundo a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), a revista, que tem periodicidade anual e tiragem de 3 mil exemplares, surge para dar visibilidade à produção científica das instituições de ensino nacionais e do exterior.

 

O primeiro número traz 11 artigos inéditos distribuídos em pouco mais de 150 páginas, sobre temas como o papel das licenciaturas tecnológicas, formação de professores, inclusão, educação de jovens e adultos e o apoio à pesquisa e à aplicação das tecnologias da informação na educação profissional e tecnológica.

Podem publicar artigos pesquisadores nacionais e do Mercosul que possuem credenciais exigidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O editorial da revista começa elogiando o plano de expansão do governo para as escolas técnicas. Diz que a educação profissional e tecnológica “atravessa um grande momento, graças às decisões de um governo que demonstra profunda compreensão do valor estratégico da mesma para o desenvolvimento profissional”. Segundo a publicação, até 2015 estarão em pleno funcionamento 354 escolas técnicas e profissionalizantes com capacidade para atender meio milhão de estudantes.

O editorial destaca que o plano do governo é superar “o papel da rede federal, até há pouco limitado à oferta de ensino profissionalizantes para as camadas mais pobres da população e de simples fornecedora de mão-de-obra para o desenvolvimento econômico”.

O texto diz também que a educação profissional e tecnológica está atualmente mais vinculada à “ciência aplicada e às realidades locais, em contraponto àquelas desenvolvidas no espaço acadêmico”.

A revista garante ser um “espaço plural e democrático” e conta com a participação de intelectuais vinculados ao Serviço Nacional da Indústria (Senai). O editorial termina dizendo que a secretaria do MEC está orgulhosa da publicação e encerra com a frase: “a semente está plantada”.

O coordenador editorial da revista, Moisés Domingos Sobrinho, disse ao site do MEC que a publicação tem como função reunir a produção científica, principalmente da rede federal de educação profissional e tecnológica, que estava dispersa em várias publicações especializadas.

O site do MEC informa ainda que para a segunda edição já foram selecionados artigos de pesquisadores do Uruguai, Venezuela, Canadá e Espanha.

Leia a Revista Científica Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

процессоры для ноутбуковноутбук для программистакупить липецк гранулы для балансировки колес