by /0 comments

ONU lança a Universidade do Povo

Instituição sem fins lucrativos oferece educação exclusivamente online. O estudante precisa pagar uma taxa de admissão (entre US$ 15 e US$ 50) e outra (de US$ 10 a US$ 100) por cada prova
A Aliança Global das Nações Unidas para Informação, Tecnologia da Comunicação e Desenvolvimento (GAID) acaba de lançar a Universidade do Povo (UoPeople), instituição sem fins lucrativos que vai oferecer educação exclusivamente online.

De acordo com o informe da ONU, o estudante deve pagar uma taxa de admissão (entre US$ 15 e US$ 50), dependendo do país, e outra (de US$ 10 a US$ 100) por cada prova.

Para que a universidade funcione plenamente, é preciso a inscrição de 15 mil alunos e US$ 6 milhões. O fundador da Universidade do Povo, Shai Reshef, disse que já doou US$ 1 milhão. O processo de admissão foi aberto há duas semanas e já conta com 200 estudantes de 52 países.

Segundo a agência, o objetivo da Universidade do Povo, que por enquanto só está em inglês, é alcançar as metas de educação definidas pela ONU usando a tecnologia da informação. Shai Reshef afirma que a instituição abrirá caminho para que para milhares de pessoas em todo o planeta tenham acesso à educação superior.

A entidade trabalha com a tecnologia de código aberto, materiais escolares compartilhados com poucas restrições de direito autoral e o método de aula “p2p”, centrado no compartilhamento de informações. Os estudantes serão colocados em classes de até 20 alunos. Formada a classe, eles podem acessar aulas semanais, discutir os assuntos com os colegas e fazer provas. Há professores voluntários, estudantes comuns e de pós-graduação que podem oferecer ajuda.

Confira o site da UoPeopleСловоформаотзывы topodin.comламината укладка