Orçamento das universidades federais é liberado - CGC Comunicação em Educação
  by

Orçamento das universidades federais é liberado

O orçamento das universidades e institutos federais será totalmente descontingenciado, anunciou o Ministério da Educação nesta sexta-feira, dia 18 de outubro, informa a Agência Brasil. “Cem por cento de todo o orçamento para o custeio das universidades federais e institutos estão sendo descontingenciados neste momento”, disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Ele garantiu que o contingenciamento não prejudicou as ações da pasta. “Administramos a crise na boca do caixa. Vamos terminar o ano com tudo rodando bem”, afirmou.  O ministro informou que não houve contingenciamento para auxílio-estudantil, refeitórios e hospitais. Weintraub confirmou que orçamento para 2020 não terá reajuste e será o mesmo deste ano.

De acordo com o secretário executivo do ministério, Paulo Vogel, estão sendo liberados R$ 1,1 bilhão dos R$ 19,6 bilhões que já estavam previstos para as despesas discricionárias do MEC –  como pagamentos de luz, água, telefone e limpeza. São R$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos. Vogel disse que o valor está sendo realocado de outras despesas ministeriais.

O Ministério da Educação anunciou, em abril, o bloqueio de 30% das despesas discricionárias (não obrigatórias) de universidades e institutos federais. A medida, que representava aproximadamente 3,5% do orçamento, significava R$ 2,4 bilhões em valores absolutos, informa o MEC.

Em setembro, o MEC desbloqueou cerca de metade do que havia sido congelado. De lá para cá, foram liberadas quantidades menores de recursos. E, nesta sexta-feira, a pasta descontingenciou o R$ 1,1 bilhão restante..

MEC corta 30% da verba de três federais; especialistas criticam