by /0 comments

Para quê tanto caderno? Escola de excelência explica

Nada nessa escola é feito por acaso. Tudo tem uma explicação embasando o trabalho de formação desenvolvido pela Escola Carlitos, em Higienópolis. A começar pelo registro do conhecimento (em caderno específico) feito diariamente pelos alunos ano-a-ano, garantindo a educação viva e em movimento constante.

De acordo com a Escola Carlitos, que têm a base de seu trabalho ancorada na educação desenvolvida pela França, mas especificamente pelo Grupo de Investigação Écouen, a relação dos alunos e educadores com a escrita, com o registro de tudo que estudam, trabalham e pesquisam leva ao desenvolvimento de uma educação onde professor e aluno trabalham juntos e aprendem sempre.

O registro gráfico possibilita que ao escrevê-lo os alunos elaborem suas aprendizagens, reflitam sobre elas e possam retomá-las. Nesta escola, os alunos de apenas um ano de idade já começam a ter contato com a cultura dos registros, ou melhor, da escrita. Eles têm um caderno – Caderno de Vida – onde registram garatujas e rabiscos, e semanalmente o caderno conta com a contribuição dos pais e do professor, com relatos, fotos, desenhos e curiosidades.

O Caderno de Vida acompanha o aluno da Carlitos durante todo percurso da educação infantil. É consultando este caderno que o aluno poderá conhecer em anos futuros a evolução da sua escrita, e o desenrolar desde o início do seu desenvolvimento intelectual.

“É neste caderno que os alunos têm a primeira relação com a escrita. Percebem que a escrita permanece, e através do registro de várias situações, o Caderno de Vida se torna um documento histórico. Através dele, vários elementos de uma determinada época estão representados”, conta a diretora Manuela de Castro Anabuki.

Quando os alunos entram no ensino fundamental, ao invés de apenas um caderno, passam a ter 16 (dezesseis). Parece muito, mas quando bem organizados e utilizados com metodologia adequada, a quantidade de cadernos se torna a documentação cultural da escola, e o processo de aquisição do conhecimento do aluno no dia a dia do seu percurso escolar.

Na metodologia que os alunos utilizam para fazer os registros diários, existe a supervisão de todo corpo docente da Escola, do professor ao diretor. “Ensinamos a eles que um título deve vir com outra cor ou grifado e que é melhor pular linha em função de determinado conteúdo. A formatação visual adequada organiza o conhecimento e ajuda na sua aquisição”, diz a coordenadora pedagógica, Laura Piteri.

Além da agenda diária, com anotações sobre as lições e recados, os alunos da Carlitos têm um Diário de Leitura (onde registram a relação com as obras literárias lidas e garantem a documentação do seu patrimônio literário); cadernos de Ciências e Tecnologia; de História; de Geografia; três cadernos de Português (um para regras gramaticais, onde registram suas reflexões sobre o funcionamento da língua; outro para registro das produções literárias, e outro para registro das produções não literárias); dois de Matemática (um caderno para Geometria, e outro para álgebra); dois cadernos para cada uma das línguas estrangeiras aprendidas – inglês, francês e espanhol – (um diário de leitura e um caderno de registros); e o Glossarlitos, um glossário onde os alunos registram juntos listas de vocabulários das línguas estrangeiras. Os alunos contam também com o Diário de Cinema, onde registram impressões, críticas e reflexões sobre os filmes exibidos na disciplina de Cinema.

Quando entram no ensino fundamental II é acrescentado ao acervo dos registros o Caderno de Memória. Nele, diariamente um aluno é o responsável pela anotação da aula em todas as disciplinas. “Se algum aluno faltar a aula, ele tem no Caderno de Memória o registro de todo conteúdo trabalhado. Se em um determinado momento de sua escolaridade, o aluno tiver dúvidas sobre algum conhecimento que teve em anos anteriores, basta consultar seus cadernos e acompanhar o desenvolvimento de seu aprendizado na matéria em questão”, diz Manuela.

Para a Escola Carlitos, que há 32 anos trabalha com registros e os aperfeiçoa ano após ano, os cadernos representam um patrimônio inestimável à vida dos alunos quando forem adultos. Os ex-alunos agradecem.радиоуправляемый вертолетvantso сайтрадиоуправляемые игрушки

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone