by /0 comments

Pernambuco tem menos vagas para programa de formação do professor

Mais de 1.000 vagas anunciadas pelo Ministério da Educação não existem, informa o Jornal do Commercio. O MEC diz que está fazendo um levantamento para verificar os números

Cerca de 1.000 vagas anunciadas pelo Ministério da Educação no Plano Nacional de Formação de Professores para o segundo semestre de 2009 não existem em Pernambuco, informa reportagem do Jornal do Commercio desta sexta-feira, dia 24.

O MEC divulgou que os professores poderiam se inscrever para 1.454 vagas em cursos de formação pedagógica, primeira e segunda licenciaturas, a serem oferecidos pela Universidade Estadual de Pernambuco (UPE) e 230 vagas na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

No entanto, segundo o jornal, a UPE informou que abrirá apenas 720 vagas este ano (metade do previsto) e a UFPE anunciou que não irá oferecer vaga para o programa este ano. A pró-reitora para assuntos acadêmicos da UFPE, Ana Cabral, disse que os “trâmites internos demandam tempo” e por isso eles optaram por aderir ao programa a partir de 2010.

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) confirma o número de vagas (1.500) apresentado pelo ministério.

Na UPE, são oferecidos cursos para primeira licenciatura em pedagogia e formação pedagógica em informática e física. Em todos os casos já há solicitação das vagas. Na UFPE, segundo o MEC, as vagas são para primeiras e segunda licenciaturas nas áreas de línguas, ciências biológicas e história.

O MEC disse ao Jornal do Commercio que está fazendo um levantamento para verificar a divergência de vagas.

As inscrições para o programa são feitas pelo site http://freire.mec.gov.br . O cadastro começou no dia 30 do mês passado e termina na próxima sexta-feira.

укладка паркета на фанеру видеоооо полигонтамбов опции

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone