by /0 comments

Pesquisa mostra as prioridades de 150 mil alunos do Mato Grosso do Sul

Em primeiro lugar, com 14,76% das respostas, os estudantes priorizam a construção de quadras poliesportivas cobertas
Uma pesquisa realizada pela Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) na rede estadual pública de ensino revela o que os alunos querem melhorar nas escolas. Foram ouvidos 150 mil estudantes entre os dias 20 e 24 de abril, durante a 10ª Semana Nacional em Defesa da Promoção da Escola Pública. De acordo com o sindicato, o objetivo foi diagnosticar as dez prioridades da escola pública, segundo a opinião dos alunos da educação básica do Estado.

Em primeiro lugar, com 14,76% das respostas, os alunos priorizaram a construção de quadras poliesportivas cobertas. Em seguida, 12,76% defenderam a reforma da escola. O terceiro item mais importante é a instalação de laboratórios de informática e ciências, com 12,19%.

A falta de segurança foi o quarto item mais citado pelos alunos, com 10,29%. A superlotação nas salas de aulas foi questionada por 9,63%. A instalação de bibliotecas foi citada por 9,54%, seguida do material esportivo, com 9,13%. A necessidade de espaços recreativos apropriados foi apontada por 8,46% dos alunos. O item professores habilitados na disciplina de sua formação recebeu 6,74% das respostas dos alunos e necessidade de mais funcionários administrativos ficou em último lugar entre as prioridades, com 6,51%.

De acordo com a Fetems, “os dados farão parte da pauta de debates e reivindicações dos 70 sindicatos municipais afiliados à entidade, na defesa de condições dignas de trabalho dos profissionais da educação e na busca de uma educação pública com mais qualidade”.рекламная стратегия примерразработка брендингадля автосервиса