by /0 comments

Pesquisa revela distorção no aprendizado de matemática e português

Enquanto na 4ª série do Ensino Fundamental, os estudantes melhoraram o aprendizado em Matemática em todas as 26 capitais, na 8ª série os resultados se invertem

Um levantamento do movimento Todos Pela Educação revela um dado curioso no aprendizado dos estudantes que vivem nas capitais brasileiras. Na 4ª série do ensino fundamental, os estudantes melhoraram o aprendizado em Matemática em todas as 26 capitais, entre 2005 e 2007. Em Língua Portuguesa, em apenas 12 capitais os estudantes apresentaram melhora. Já na 8ª série, os resultados se invertem. Enquanto em Língua Portuguesa houve melhora em todas as capitais, em Matemática apenas 16 capitais melhoraram.

Os dados foram calculados a partir da Prova Brasil de 2007, avaliação feita pelo Ministério da Educação a cada dois anos nas escolas públicas (municipais, estaduais e federais) da zona urbana com mais de 20 alunos na série.

Campo Grande foi a capital que teve a maior evolução do percentual de alunos com conhecimentos adequados às suas séries em Matemática na 4ª e 8ª séries do Ensino Fundamental e em Língua Portuguesa na 4ª série.

A secretária municipal de Educação, Maria Cecília Amendôla da Motta, disse ao movimento que “os bons resultados são frutos, sobretudo, do processo de formação pedagógica e valorização dos professores que vem sendo desenvolvido”.

Metas

O levantamento indica que se forem levadas em consideração as metas do movimento, de aprendizado adequado à série entre 2005 e 2007, o resultado é preocupante. Das 26 capitais, 14 apresentaram queda em Língua Portuguesa na 4ª série. Na 8ª série, em Matemática, em 11 capitais houve redução do aprendizado adequado.

Na opinião da diretora-executiva do movimento, Priscila Cruz, “a redução do número de alunos que possuem aprendizado adequado a sua série é um alerta à sociedade e aos prefeitos e secretários que tomaram posse este ano”.

O movimento destaca que, de cada 10 alunos da 4ª série, menos de três aprenderam o que é esperado para a série em Língua Portuguesa e em Matemática. Na 8ª série, para cada 10 estudantes, menos de três possuem os conhecimentos adequados em Língua Portuguesa e menos de dois em Matemática.

Os dados apresentados nesta terça-feira, dia 17, fazem parte do acompanhamento da Meta 3 do Todos Pela Educação, na qual, até 2022, 70% ou mais dos alunos tenham conhecimento adequado às suas séries. No final de 2008, a organização não governamental já havia divulgado em balanço das 5 metas estipuladas para serem cumpridas até 2022.

 

 

Todos pela Educação

 

 

 

Todos pela Educação

 

 

Leia também:

Estudo mostra pequeno avanço na educação pública básica

статистика запросов гугл по регионамwobs.uaигры для д е вочек