by

Pisa 2015: gráficos

Nos gráficos abaixo é possível ver os dados detalhados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) de 2015, divulgado nesta terça-feira, dia 6 de dezembro, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Os gráficos mostram os desempenhos dos alunos brasileiros em matemática, leitura e ciências em três critérios: série história, comparação entre os Estados e entre as redes públicas e privada.

Os resultados completos estão aqui

Leia também:

Pisa 2015: com baixo investimento, educação no Brasil continua estagnada

O Pisa faz uma avaliação trienal de estudantes entre 15 anos e três meses (completos) e 16 anos e  2 meses (completos) no início do período de aplicação da avaliação matriculados a partir da 7º série/ano.

Em 2015, o foco foi ciências e houve também uma avaliação de resolução colaborativa de  problemas e letramento financeiro.

Foram selecionados estudantes dos 27 Estados. Todos os estudantes elegíveis a partir do 7º ano  foram incluídos na amostra (em função da ampliação do Ensino Fundamental para nove anos de   duração pela Lei nº 11.274, de 6 de fevereiro de 2006).

Pela primeira vez, a aplicação no Brasil foi totalmente computadorizada.