by /0 comments

Prefeitos paulistas cobram do Estado mais repasse para merenda e transporte escolar

Marcha Paulista em Defesa dos Municípios também vai debater as decisões judiciais que sobrecarregam as contas das administrações locais
O reajuste do repasse do governo de São Paulo aos municípios dos recursos da merenda e do transporte escolar será um dos temas da Marcha Paulista em Defesa dos Municípios, que será realizada nos dias 11 e 12 de novembro na Assembleia Legislativa.

Segundo a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a Associação Brasileira de Municípios (ABM), que organizam o protesto, as prefeituras recebem pela merenda R$ 0,15 por aluno. “O dinheiro é insuficiente e os municípios complementam, em média, em até seis vezes o valor do recurso para garantir um padrão mínimo de qualidade para a refeição”, diz o texto de divulgação da marcha.

Eles citam o caso de Osasco, na Grande São Paulo, onde “a despesa com o fornecimento de merenda para as escolas estaduais chega a R$ 10 milhões e Várzea Paulista, cidade de 100 mil habitantes onde “o gasto anual é de R$ 1,4 milhão”.

Sobre o transporte escolar, os organizaram afirmam que o Estado e os Municípios possuem um convênio e “o valor do repasse leva em consideração uma série de variáveis e o preço final não paga pelo serviço, obrigando os municípios a completarem o custeio”. Em Registro, no Vale do Ribeira, a defasagem no repasse para o transporte escolar é de R$ 1,3 milhão por ano.

A presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputada Maria Lúcia Prandi, informou que foram convidados para a discussão o secretário estadual de Educação, Paulo Renato Souza, e a presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime ) de São Paulo, Suely Alves Maya.

Além das questões relativas à educação, a Marcha Paulista em Defesa dos Municípios também vai debater as decisões judiciais que obrigam os municípios a comprarem remédios de alto custo e despesas que sobrecarregam as contas das administrações locais, como o aluguel de prédios públicos para delegacias, entre outros serviços.

De acordo com as duas entidades, evento não tem “coloração partidária”.ноутбуки покупкатребования к crm системамподзарядное устройство для аккумулятора