by

Saber lidar com gente é uma das principais qualidades de um professor bem preparado

A importância do professor estar bem preparado para conseguir alcançar sucesso nesta profissão tão importante para a sociedade brasileira foi o tema de reportagem da TV Globo nesta sexta-feira, dia 27.

Matemática é uma disciplina que provoca arrepios nos estudantes Brasil afora. E não é só neles. Os professores também. É um tipo de trauma, que passa de geração em geração. A professora Tatiane Schactae, de Ponta Grossa, no Paraná, diz: “Você da sempre o problema pronto. Dificilmente fazia com que o aluno pensasse em como ele resolver o problema”.

Os professores de Castro e Ponta Grossa, ambas no interior do Paraná, estão reaprendendo a calcular no programa Formar que ajuda a capacitar professores da rede pública de ensino. A ideia é que eles voltem a gostar da matemática e ensinem de um jeito que conquiste os alunos.

A professora Vivian de Oliveira, de Castro, disse que o projeto é “fantástico e diferente de tudo o que a gente já vinha trabalhando e os alunos pensam muito mais e criam estratégias para resolver os problemas”.

Saber no Instituto Singularidades

Na sala de aula do Instituto Singularidades, em São Paulo, a boa formação do professor é considerada o primeiro passo para uma revolução na qualidade do ensino e no desenvolvimento do Brasil.

O professor tem realmente uma responsabilidade enorme e por isso é tão importante a profissionalização desta profissão, a formação deste professor porque é este profissional que vai fazer com que cidadãos éticos que olhem de forma justa para a sociedade, que busquem uma equidade para que a gente transforme”, diz a diretora de Operações do Instituto Singularidades, Luciana O’ Reilly,

O professor tem que conhecer o conteúdo da disciplina que ele está ensinando e a tecnologia que pode ajudar dentro da sala de aula. Mas uma das principais coisas que ele precisa aprender é a lidar com gente. Para conquistar a confiança e a atenção dos alunos para dentro da sala de aula, mesmo nos momentos mais complicados da vida e esta realidade é muito comum nas escolas brasileiras. Por isso a parte prática da formação do professo é tão importante. E desde os primeiros anos da faculdade.

Nas salas de aula das faculdades e nos estágios nas escolas os futuros professores aprendem que os alunos vem de realidades diferentes, tem necessidades diferentes. E que é possível encontrar formas de ensina a todos eles.

“Você desenvolve estas habilidades e estas habilidades são importantes para dar conta da diversidade da escola, para conseguir diminuir a evasão da escola”, diz o coordenador e professor do curso de Pedagogia do Instituto Singularidades, Marcelo Ganzela.

Evasão de alunos e de professores. Segundo o Ministério da Educação, quase a metade dos alunos (49,3%) dos alunos de faculdades de licenciatura desistem do curso no meio do caminho e só 27% continuam com planos de dar aulas depois de conseguir o diploma.

A aluna do curso de Pedagogia do Instituto Singularidades, Jeniffer Ferreira, sempre estudou em escolas públicas da periferia de São Paulo e viu colegas desistirem, pararem de estudar. Mas ela decidiu ensinar porque sabe que uma boa formação dos professores pode mudar esta estatística. “Quando a gente vê os alunos com um padrão, como se eles fosse todos iguais, depois, quando a gente percebe as evasões é que a gente vê que eles não são todos iguais e por isso é que eles não conseguem se manter na escola”, diz ela ao repórter Cesar Menezes.

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone