Professores estão em greve em sete Estados - CGC Comunicação em Educação
  by /0 comments

Professores estão em greve em sete Estados

Docentes de Alagoas, Amapá, Paraíba, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe pedem reposição de perdas salariais e o cumprimento da lei do piso, informa o jornal Valor

Professores de sete Estados – Alagoas, Amapá, Paraíba, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe – estão em greve pela reposição de perdas salariais de anos anteriores e o cumprimento da lei do piso nacional do magistério, informa o jornal Valor.

Estas redes públicas estaduais contam com mais de 80 mil docentes efetivos e temporários. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) estima uma adesão de até 75% (60 mil trabalhadores).

No caso de São Paulo, estão em greve apenas os professores das escolas e faculdades técnicas e tecnológicas (Etecs e Fatecs).

Pernambuco, com 35 mil professores, tem paralisação de um dia programada para 3 de junho.

No Espírito Santo, os cerca de 20 mil docentes estão em estado de greve, que pode ser deflagrada no dia 9 de junho caso o governo não atenda às reivindicações da categoria.

“As mobilizações indicam que vários governos estão descumprindo a lei, que o professor brasileiro ainda recebe abaixo do piso nacional”, disse o secretário de assuntos educacionais da CNTE, Heleno Araújo, aos repórteres Luciano Máximo e Sérgio Bueno.

Os professores das escolas Etecs e Fatecs pedem um reajuste de 58%. O valor, disse o Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza (Sinteps) ao jornal, é para repor seis anos de perdas salariais.

No Rio Grande do Norte, cerca de 90% dos 8 mil professores, que querem aumento de 15% no salário e 40% na principal gratificação, não trabalharam terça-feira, dia 24, e devem manter a greve até esta sexta-feira, quando será organizada uma assembleia. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública (Sinte-RN), o governo exigiu a volta ao trabalho para abrir negociações. A Secretaria Estadual de Educação não se manifestou.

A Secretaria Estadual de Educação de Sergipe informou que 396 escolas estão fechadas por causa da greve de mais de 12 mil professores. O governo aceitou pagar o piso e dar reajuste de 5,7% para docentes que já recebem acima de R$ 1.187. “O sindicato dos professores está intransigente e radicalizou”, afirma nota da secretaria.

Em Alagoas, os professores rejeitaram aumento de 7%. “É o valor que o governo quer dar para todos os servidores. Estamos tentando unificar nossas reivindicações com o conjunto de servidores estaduais numa greve estadual. Queremos obter reajuste de 25%”, disse a dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal), Maria Consuelo Correa.

No Amapá, o governo ofereceu três reajustes de 3% até o fim do ano. A oferta foi rejeitada. Os professores pedem um aumento de 16%. “É a complementação do salário para chegarmos ao piso. Estamos hoje [ontem] na quarta negociação, sem consenso”, afirmou ao Valor a vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá, Maria Antônia Freitas.

No Rio Grande do Sul, a paralisação está restrita aos professores municipais. Em Porto Alegre, os professores se uniram ao restante dos servidores municipais e decretaram greve na última segunda-feira. Com data-base em maio, os funcionários da prefeitura exigem reajuste salarial de 18%, além de aumento de R$ 12 para R$ 18 no vale-alimentação e outros benefícios. Segundo o sindicato dos servidores, o Simpa, 90% das escolas municipais estão paradas.

A proposta da prefeitura, rejeitada pelos professores, prevê aumento salarial de 7%, já inclusos os 6,5% referentes à inflação acumulada em 12 meses até maio, mais vale-alimentação de R$ 13 e reposição parcelada de perdas de anos anteriores. Em nota, a prefeitura disse que a reivindicação dos servidores provocaria gasto extra anual de R$ 289 milhões.

Leia as notas publicadas pelos sindicatos em

Alagoas

Amapá

Paraíba

Rio Grande do Norte

Santa Catarina

São Paulo

Sergipe

prostobossлобановский александр женаcasino online