by /0 comments

Professores invadem a internet: são os edublogueiros

Reportagem da revista Carta Na Escola informa que muitos docentes estão criando blogs, participando de listas de discussões e ajudando a construir enciclopédias abertas

Uma grande rede de educadores está se comunicando por todo o Brasil através da internet, informa reportagem desta semana da revista Carta Na Escola. De acordo com o repórter Michel Daoun, muitos professores estão criando blogs, particioando de listas de discussões, construindo enciclopédias abertas e integrando comunidades na rede de relacionamento Orkut. Já há vários sites que reúnem os chamados edublogueiros.

Um dos recursos mais usados pelos docentes são as listas de discussão formadas através de grupos. A matéria cita três listas: a “Vivência Pedagógica” (http://br.groups.yahoo.com/group/vivenciapedagogica), criada em 2005 e com mais de 500 membros; “Professor-online” (http://br.groups.yahoo. com/group/Professor-online), desde 2003, e hoje com 800 participantes; e “Professores Solidários” (http://groups.google.com.br/group/professoressolidarios), com mais de 1,6 mil professores. Para fazer parte das listas é preciso acessar o site do grupo.

A revista diz que a troca de experiência entre os professores é um dos fatores mais interessantes das listas, já que eles podem relatar atividades trabalhadas com os alunos e compartilhar essas experiências.

Há também, segundo a Carta ne Escola, listas específicas, destinados às disciplinas ensinadas na escola, como a “Listageografia” (http://br.groups. yahoo.com/group/listageografia), com 2,4 mil usuários e a “Sbenbio” (http://br.groups. yahoo.com/group/sbenbio), para professores de Biologia, com cerca de 750 integrantes.

O site de relacionamentos Orkut também é citado na reportagem, com as comunidades mais populares “Educação”, com mais de 45 mil membros e a “Profissão Professor(a)”, com 66 mil usuários.

No entanto, diz a revista, os blogs são ainda os mais populares entre os professores. Eles criaram hábito de acessar, trocar informações e desenvolver atividades com os alunos por meio dessa ferramenta. Todo professor, além de escrever no seu próprio blog, relaciona links para blogs de seus colegas e formam uma cadeia de blogs com interesses comuns. Para acompanhar todas as atualizações, muitos professores adotam a tecnologia RSS.

A reportagem destaca ainda os sites que reúnem e selecionam diversos blogs. Entre eles está o Edublogosfera (http://edublogosfera.blogspot.com), que conta com mais de 30 indicações, classificadas por conteúdo e região do autor do blog.

Outro tema abordado pela revista é a entrada dos professores na cultura colaborativa da internet, chamada de Wiki. Enciclopédias que são construídas coletivamente contam agora com a colaboração de professores. Além do Wikipedia, surgiram o portal Wikiducação (www.wikiducacao.com.br), e o Wiki, do site EscolaBR (http://www.escolabr.com/virtual/wiki/).

Leia a íntegra da matéria da Carta na Escola

translating &сколько стоит продвижение сайтовмашини на пульту