by /0 comments

Santa Catarina promete erradicar analfabetismo em dois anos

Apesar de ser o segundo Estado mais alfabetizado do país, com 94,8%, ainda há 225 mil pessoas que não sabem ler e escrever

O governo de Santa Catarina lançou esta semana um plano para tentar erradicar o analfabetismo no Estado até 2010. Apesar de ser o segundo Estado mais alfabetizado do país, com 94,8%, ainda há 225 mil pessoas que não sabem ler e escrever.

Para cumprir a promessa, a secretaria de Educação firmou convênios de R$ 50 milhões com o Ministério da Educação. O programa envolve ainda empresas, universidades, prefeituras, igrejas e organizações da sociedade civil. A idéia é criar a figura do “padrinho”, que acompanhará a alfabetização do “afilhado”.

A partir desta quarta-feira, dia 15, pessoas acima de 15 anos interessadas na alfabetização inicial podem procurar os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas), nas escolas públicas, e fazer a inscrição.

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), de 2006, o Brasil tem 14 milhões de analfabetos. Santa Catariana tem pouco mais de 300 municípios e apenas 16 cidades estão livres do analfabetismo.

Segundo a secretaria de Educação, o maior contingente de analfabetos está concentrado entre as pessoas com mais de 50 anos. Dos 50 municípios com maiores taxas, 27 concentram-se no oeste catarinense.

вконтактепескоструйный аппарат купить в украинепаркетный пол