by /0 comments

São Paulo volta a contratar professor temporário reprovado em prova

Até docentes que não fizeram a prova de seleção aplicada pelo Estado poderão ser chamados, noticia o jornal Folha de S. Paulo

Pela terceira vez seguida, a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo vai contratar professores temporários que foram reprovados ou nem fizeram uma prova de seleção aplicada pelo Estado, noticia o jornal Folha de S. Paulo.

A secretaria disse ao repórter Fábio Takahashi que não há professores concursados ou aprovados no exame suficientes para suprir as necessidades.

A secretaria não informou quantos professores reprovados ou sem avaliação atuarão em 2012. Disse apenas que um dos critérios de seleção será a titulação e o tempo de serviço.

O jornal destaca que até agora duas medidas do governo não conseguiram suprir a falta de professores. A primeira foi um concurso público para 14 mil novos professores.

A outra foi a redução do período em que o temporário deve ficar fora da rede. Em 2010, uma lei exigia que o professor temporário ficasse 200 dias fora da rede após um ano de trabalho. Agora, este tempo caiu para 45 dias.

A coordenadora da pedagogia da Unicamp, Maria Marcia Malavazi, disse que “as medidas são insuficientes” e cobrou do governo paulista mais investimento na valorização dos professores. “Para haver mudança profunda na educação, o governo tem de dar condições de trabalho aos docentes semelhantes a de um executivo, não migalhas. Senão, quem vai querer lecionar?”, questionou.

A presidenta do sindicato dos professor (Apeoesp), Maria Izabel Azevedo Noronha, não foi entrevistada pelo jornal, mas ela publicou no seu blog uma carta enviada à Folha. Na carta, ela diz que a decisão “coloca em xeque, uma vez mais, a prova como critério para a definição de quais professores podem ou não ministrar aulas nas escolas estaduais”. Na visão dela, a solução para a falta de professores “é a realização de mais concursos públicos”.

заправка картриджей и ремонт оргтехникиcapital mfxплатья юбки для девочек

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone