by /0 comments

Sindicato dos Bancários de São Paulo planeja criar faculdade

“Será uma instituição totalmente voltada para o sistema financeiro”, disse o presidente do sindicato ao jornal Valor

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região vai pedir ao Ministério da Educação uma autorização para criar uma faculdade. De acordo com reportagem do jornal Valor, a proposta está adiantada e a instituição deve ser lançada já em 2010. Os investimentos não foram definidos.

O presidente do sindicato, Luiz Claudio Marcolino, disse à repórter Rachel Cardoso, que faculdade “será uma instituição totalmente voltada para o sistema financeiro”. Segundo ele, a meta é “criar cursos de graduação e especialização e, num segundo momento, pós-graduação.”

A idéia surgiu por causa da grande procura pelos cursos do Centro de Formação Profissional, inaugurado em 1993. “Propiciamos ao trabalhador a chance de melhorar sua competitividade, além de garantir uma especialização”, diz o sindicalista.

O jornal relata que nos últimos seis anos se formaram nos 272 cursos do centro 5,5 mil alunos. O sindicato afirma que faz um investimento anual de R$ 80 mil. Cada aluno paga entre R$ 170 e R$ 325. “O custo corresponde a um terço do valor se comparado aos demais ofertados por outros estabelecimentos de ensino”, garante Marcolino.

O jornal informa que o sindicato, filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), tem cerca de 135 mil associados.

Leia a íntegra da reportagem (só para assinantes do jornal)

биография апостола мунтянакистирубашка косоворотка для мальчика купить

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone