by

Startup que digitalizou as escolas públicas francesas chega ao Brasil

Evento de startup francesa – Maskott – discute os rumos da educação global, dia 9/10, na Aliança Francesa, em São Paulo

A startup francesa Maskott, responsável pela implantação de soluções inteligentes para as escolas de educação básica da rede pública da França, chegou ao Brasil e para se aproximar do debate sobre educação no Brasil promoverá o Learning Management Experience 2018 (LEMA), dia 9 de outubro, das 8h30 às 17h30, no Teatro Aliança Francesa,  em São Paulo. O evento reunirá educadores especialistas do Brasil, França e Canadá para debaterem os rumos da educação no mundo, as novas metodologias e os benefícios gerados pelas ferramentas digitais. O evento é direcionado aos gestores, diretores de escola, executivos, professores, pesquisadores, pedagogos, e empreendedores do setor educacional.

Palestrantes

Pascal Bringer é francês e o CEO da Maskott. Foi professor de biologia durante quase 20 anos no ensino básico e sempre buscou estratégias e ferramentas que o auxiliassem na aquisição de conhecimento dos seus alunos. Foi nomeado pelo Ministério de Educação da França para integrar o Comité Nacional para Inovação e Sucesso Escolar, e hoje participa do Plano de Digitalização para Educação junto ao governo francês, projeto que atinge mais de 37 mil instituições e 5 milhões de alunos. Durante o evento, contará sobre O plano de digitalização para a educação na França.

O francês Axel Jean, responsável no Ministério de Educação da França pelos projetos de digitalização na educação básica, falará sobre como ocorreu O processo de digitalização na educação do seu País.

O canadense William Morgan, diretor acadêmico da Maple Bear Canadian School, rede que com 88 unidades e 13,5 alunos no Brasil, irá  abordar A experiência do Canadá em 50 anos de ensino bilíngue.

O brasileiro Sandro Bonás, CEO da CONEXIA, hub de soluções tecnológicas do Grupo SEB, falará sobre a Cultura de Compartilhamento e a Inteligência Artificial. A tendência, segundo Bonás, é que as instituições trabalhem em parceria, se desenvolvam como negócio e agentes transformadoras, tendo a  tecnologia integrada ao seu DNA.

Muita tecnologia, mas e o aluno?

A diretora pedagógica da EMEF Desembargador Amorim Lima , Ana Elisa Siqueira,  abordará  A importância do aluno e sua autonomia no centro do processo de aprendizagem. A Amorim Lima é considerada uma das escolas públicas modelo no Brasil.

A advogada e diretora da Nethics Educação Digital, Alessandra Borelli, abordará o tema “Riscos legais e responsabilidade da escola na era digital”. “Antes da internet, os problemas em sala de aula eram relacionados ao comportamento do aluno naquele espaço, e ao processo de ensino e aprendizagem. Hoje, o professor que se torna amigo do aluno nas redes sociais, pode correr o risco de ter sua relação com o aluno caracterizada como assédio”, diz a especialista.

Para mais informações sobre o evento, e seus palestrantes, acesse o site https://www.lemaedu.com.br/.

Para fazer a inscrição https://www.eventbrite.com.br/e/lema-2018-tickets-48524605401

Serviço

Data e hora

Terça-feira, 9 de outubro de 2018

08:30 – 17:30

Adicionar ao calendário

Localização

Teatro Aliança Francesa

Rua General Jardim 182

Vila Buarque / São Paulo